26/05/08

CRISTIANO RONALDO E OS SEUS 42 GOLOS!

(clique em cima das imagens para ver os golos)

Um ano espectacular!

O melhor marcador da Liga Inglesa e da Liga dos Campeões no qual marcou 42 golos. Só já falta um título Europeu com a Selecção Portuguesa. Que mais será preciso Cristiano Ronaldo fazer, para ser considerado o melhor jogador do mundo? Aqui recebendo o sapato dourado. Qual será agora o seu futuro para a próxima época? Fica no Manchester ou vai para outro clube?

7 comentários:

Pedro da Silva disse...

Senhor bloguista se se mete com a máfia da bola e ao mesmo tempo fala de coisas sérias, ninguém o leva a sério. O futebol é hoje o “ópio do povo”, e só serve para entreter, anestesiar e afastar o Zé das coisas que o deveriam preocupar. Os ronaldos, os figos, e os mourinhos são os pilares de que o poder incompetente, corrupto e mafioso se serve e serve em toneladas industriais, sobretudo na televisão, para enganar os parvónios. Pedro da Silva

Rita Gomes Varela disse...

Com taça do ronaldo ficamos todos ricos e felizes, e já não nos importamos com a fome que aí vem e a gasolina sempre a aumentar e os preços dos bens essenciais a subir. Depois é ver os parolos a apitar e de bandeirola na janela.
Rita Gomes Varela

Anónimo disse...

O futebol é o expoente máximo do capitalismo retrógrado. Enquanto uns ganham milhões, que são meia dúzia, e têm todas as mordomias, outros que dão os mesmos chutos na bola, que são a maioria, e que também ganham muito acima do razoável como acontece no nosso País, acabam por ter os ordenados em atraso,

Na nossa sociedade passa-se o mesmo uns ganham para cima de 1000 euros mensais e têm todas as mordomias e nem precisam de picar o ponto, outros pouco mais ganham do que 400 euros e nem chega para comer depois dum mês de trabalho. E depois ainda se admiram de Portugal ser o campeão nas desigualdades sociais.

Anónimo disse...

desculpem mas estao todos enganados entao quem vai a bola?nao sao voces?as tvs tem o maximo de audiencia quando ha jogos,as bandeiras quem as compra?os estadios esgotam,e quem compra os bilhetes sao os extraterrestres?quem compra os jornais e quem esta a par de tudo nao sao voces?que pena so eu e que alinho nisto tudo, sou o unico fanatico,e como na politica enfim isto e o nosso povinho

Laurinda disse...

Povo imbecilizado e resignado, humilde,
macambúzio, fatalista e (já agora!) sonâmbulo
Um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e sonâmbulo, burro de carga, besta de nora, aguentando pauladas, sacos de vergonhas, feixes de misérias, sem uma rebelião, um mostrar de dentes, a energia dum coice, pois que nem já com as orelhas é capaz de sacudir as moscas; um povo em catalepsia ambulante, não se lembrando nem donde vem, nem onde está, nem para onde vai; um povo, enfim, que eu adoro, porque sofre e é bom, e guarda ainda na noite da sua inconsciência como que um lampejo misterioso da alma nacional, reflexo de astro em silêncio escuro de lagoa morta.

Uma burguesia, cívica e politicamente corrupta até à medula, não discriminando já o bem do mal, sem palavras, sem vergonha, sem carácter, havendo homens que, honrados na vida íntima, descambam na vida pública em pantomineiros e sevandijas, capazes de toda a veniaga e toda a infâmia, da mentira à falsificação, da violência ao roubo, donde provém que na política portuguesa sucedam, entre a indiferença geral, escândalos monstruosos, absolutamente inverosímeis no Limoeiro.

Um poder legislativo, esfregão de cozinha do executivo; este criado de quarto do moderador; e este, finalmente, tornado absoluto pela abdicação unânime do País.

A justiça ao arbítrio da Política, torcendo-lhe a vara ao ponto de fazer dela saca-rolhas.

Dois partidos sem ideias, sem planos, sem convicções, incapazes, vivendo ambos do mesmo utilitarismo céptico e pervertido, análogos nas palavras, idênticos nos actos, iguais um ao outro como duas metades do mesmo zero, e não se malgando e fundindo, apesar disso, pela razão que alguém deu no parlamento, de não caberem todos duma vez na mesma sala de jantar.

Nota: Texto de Guerra Junqueiro, "Pátria", 1896.

Entre o ano de 1896 e 2008,passados 112 anos o que é que mudou?

Guerreiro disse...

Fantástica a pesquisa da Dª Laurinda, com este texto de Guerra Junqueiro. Quando comecei a ler, pensei que se estava a referir à actualidade. Só no fim percebi que este texto tem mais de um século. De facto, nada mudou na nossa classe política, nem no nosso povo. Será este o nosso fado?

Anónimo disse...

boas noites a todos,deixo aqui os meus parabens ao sr sonhador,que nos mostra tudo sobre a nossa terra.v

Veja as fotos que se encontram, em baixo, no final do blogue!

Todas as fotos são referentes ao concelho de Monchique!

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor