13/04/08

ABRIGOS NAS PARAGENS DE AUTOCARROS!

(clique em cima da imagem para ampliar)

Largo 5 de Outubro sem abrigos!

Será que estes chegaram a tempo, embora virtuais, afim de evitar que os passageiros dos transportes públicos sejam contemplados com as últimas chuvas da Primavera?

5 comentários:

Anónimo disse...

O Largo dos Chorões além de não ter abrigos, até os lugares para estacionamento, com as novas obras, acabaram. Está-se a gastar os nossos parcos recursos em obras que não vêm acrescentar nada ao bem-estar dos cidadãos e tão pouco à economia local. As últimas ainda não se passaram muitos anos. O comércio está a definhar de dia para dia e os turistas que nos visitam com poucos lugares, menos intenção têm para ficar. No entanto os empreiteiros, quase sempre os mesmos, agradecem!

Anónimo disse...

parabens sr sonhador,vejo que o sr està atento ao bem estar da nossa populaçao.acho que muita gente se molhou ali naquelas paragens de autocarros sem abrigos nas ultimas semanas,acho que o sr vÊ o que muitos teimam em nâo ver.muitos parabens,continue,gostei

Guerreiro disse...

Parabens Sonhador, pela perspicácia e acutilancia dos seus textos. Faltam em Monchique pessoas com espírito crítico, que não tenham medo de falar do que vai mal na nossa mal estimada vila.

Anónimo disse...

No velho casarão das camionetas sempre havia onde os pobres (os únicos que neste país não têm carro) se protegerem da chuva, do calor e do frio. Agora todos se lixam com as modernidades disfuncionais. GF

Anónimo disse...

Esta fotografia deve ser surrealista, pois no sítio não há quaisquer abrigos, nem tão pouco horários das carreiras. De qualquer modo, é mais saudável esperar à chuva ou ao calor neste local, do que naquele casarão cheio de lixo, de óleo e de ratos. E depois dizem que os turistas e outros visitantes não voltam! Maria do Desterro

Veja as fotos que se encontram, em baixo, no final do blogue!

Todas as fotos são referentes ao concelho de Monchique!

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor