11/06/07

LARGO DOS CHORÕES!

(clique em cima da foto para ampliar)
Nos tempos antigos!

2 comentários:

ana pinto disse...

O meu avô contava que antigamente havia uma árvore muito frondosa, sob a qual era montada a banca da venda do peixe. Certamente seria esta que vemos na foto.
Também me recordo de ouvir dizer que a ribeira passava ao meio do Largo dos Chorões, à superfície, mas não a vejo em nenhuma fotografia.

É uma pena que tenham substituído a bela fonte por aquela que hoje lá se encontra.

Cumprimentos meus e a da D. Arminda.

Anónimo disse...

Sim " a árvore muito frondosa"era o Plátano,cuja memória atravessou geraçôes.

Vindo uma pessoa do lado da Vila,Praças,Portela etc,passava-se no vau(o Porto Fundo)(porto;passagem para a outra banda)na direçção da aldeia da pouca farinha(mais tarde rua de S.sebastião),durante séculos a entrada na Vila pelo vau da ribeira.
Alguns troços da calçada de S.sebastião foram sepultados pelo "progresso"e condenados sine die pelas "circunstâncias".
Seriam provavelmente de origem muito recuada.

Do outro lado tinha-se uma boa nascente que nunca se secava,e o respectivo tanque com bica de água e a preciosa sombra do Plátano.

Tinham enorme utilidade.
A água foi sempre um bem escasso.

O Porto Fundo foi tapado por volta de 1908/10,em 14 estava pronto.

Mas seria um "pormenor" saber isso e muito mais sobre a nossa Vila,se não houvesse um Omar,que destruiu ou permitiu que destruissem a Biblioteca Do Concelho.

Toninho da Foia

Veja as fotos que se encontram, em baixo, no final do blogue!

Todas as fotos são referentes ao concelho de Monchique!

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor