08/04/07

DIREITOS QUE CUSTARAM A CONQUISTAR!


EDUCAÇÃO NO TEMPO DE SALAZAR!

ISTO SIM ERA EDUCAÇÃO!!!

Frases retiradas de revistas femininas da década de 50 e 60.

-Não se deve irritar o homem com ciúmes e dúvidas. (Jornal das Moças, 1957);
-Se desconfiar da infidelidade do marido, a esposa deve redobrar seu carinho e provas de afecto. (Revista Cláudia, 1962);
-A desarrumação numa casa-de-banho desperta no marido a vontade de ir tomar banho fora de casa. (Jornal das Moças 1965);
-A mulher deve fazer o marido descansar nas horas vagas. Nada de incomodá-lo com serviços domésticos. (Jornal das Moças, 1959);
-Se o marido fuma, não arranje zanga pelo simples facto de cair cinza nos tapetes. Tenha cinzeiro espalhados por toda a casa. (Jornal das Moças 1957);
-A mulher deve estar ciente que dificilmente um homem pode perdoar a uma mulher que não tenha resistido a experiências pré-nupciais, mostrando que era perfeita e única, exactamente como ele a idealizara. (Revista Cláudia, 1962;
-Mesmo que um homem consiga divertir-se com a sua namorada ou noiva, na verdade ele não irá gostar de ver que ela cedeu. (Revista Querida,1954;
-O noivado longo é um perigo. (Revista Querida, 1953);
-É fundamental manter a aparência impecável diante do marido. (Jornal das Moças, 1957):
-E para finalizar, a mais de todas:
O LUGAR DA MULHER É NO LAR. O TRABALHO FORA DE CASA MASCULINIZA. (Revista Querida, 1955).

A CONCLUSÃO A QUE TODOS OS HOMENS CHEGAM: Já não se fazem mais revistas didácticas e carregadas de moral e amor como antigamente
...
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
O autor, deste texto, acima transcrito, que se lembrou de divulgar estas recomendações que constavam das revistas da época, do tempo de Salazar, faz-nos lembrar como os tempos eram outros. E ainda há quem tenha saudades desse tempo. Têm todo o direito, não têm é o direito de nos fazer querer esquecer como era esse antigamento. Em todo o tempo, é sempre necessário desmascarar, aqueles que querem fazer ressuscitar fantasmas do passado, que julgávamos estar para sempre enterrados.

2 comentários:

Isabel disse...

Para todos os saudosistas que decidirem viver no presente:
*Não se deve irritar a mulher com ciúmes e dúvidas.
*Se desconfiar de infidelidade da mulher, o marido deve redobrar seu carinho e provas de afecto.
*A desarrumação numa casa-de-banho desperta na mulher a vontade de ir tomar banho fora de casa.
*O marido deve fazer a mulher descansar nas horas vagas. Nada de incomodá-la com serviços ...
*Se a sua mulher fuma, mantenha-lhe as mãos ocupadas.
*O homem deve estar ciente que dificilmente uma mulher pode esquecer as experiências pré-nupciais do marido.
*O noivado longo é um convite à infidelidade.
*É fundamental manter sempre a aparência impecável diante da esposa. Banho diário incluído.
*E para finalizar, a mais de todas: O LUGAR DO HOMEM É ONDE É PRECISO, no trabalho, no jardim, no quintal, na cozinha, no quarto, na sala, na garagem... O trabalho sedentário faz crescer a barriga.

Anónimo disse...

a poligamia é o futuro!

Veja as fotos que se encontram, em baixo, no final do blogue!

Todas as fotos são referentes ao concelho de Monchique!

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor