31/03/07

AFINAL O TEMPO DAS VACAS MAGRAS NÃO É PARA TODOS!

(clique em cima da foto para ampliar)
O GOVERNO COMEÇA A PERDER CREDIBILIDADE!

Relatório do Tribunal de Contas, arrasa contas dos últimos três governos. O governo actual, diz que despesas com os seus gabinetes baixaram face a 2003.

No entanto as contas do T.C. são outras:
Foram pagos 37,9 milhões de euros que os governos pagaram em estudos, pareceres e projectos a empresas de consultorias e escritórios de advogados.

1303- Foram os funcionários recrutados pelo valor de 20,9 milhões de euros, numa amostragem feita em 30 gabinetes dos três executivos.
2 Gabinetes ministeriais são responsáveis pela contratação de um conjunto de 180 funcionários entre os que estão no quadro, e além dele.

2002 é a data em que foi aprovada uma deliberação para moralizar os benefícios suplementários que nunca foi publicada.
Governo gasta 12,8 mil milhões, cada português gasta 430 euros para financiar os gastos com os gabinetes do governo. São salários dos assessores, os pedidos de pareceres e a contratação de especialistas, tudo feito sem controlo.
São valores tão elevados, que os gastos não controlados, pagavam quatro Otas.

Tudo isto são notícias veiculadas pelos jornais!

Afinal Cavaco Silva tinha mais que razão!

Existe mesmo um “monstro”com as despesas correntes do Estado, mas ele também contribui , em parte, com as três reformas que já aufere.
Este relatório veio agitar as águas, porque as notícias veiculadas pelo T.C. presidido pelo Dr. Guilherme Oliveira Martins, por ter sido militante do P.S e ex- ministro das Finanças, só vem tornar estas revelações, credíveis e insuspeitas.

Vamos a ver se no futuro, ainda há coragem par auditar e divulgar todos os serviços públicos, para ver onde chegam as surpresas.
O Estado está asfixiado por despesa inútil e mal distribuída, ao sabor de reivindicações e interesses corporativistas e de grupos económicos e financeiros que continuam a controlar e manipular tudo a seu favor, debilitando o erário público.

Além desta grande injustiça social gritante na distribuição de riqueza, continua a má gestão das finanças públicas. E é cada vez mais necessário aumentar os impostos, para pagar os privilégios de todas as elites, que ainda não foram beliscadas.

Afinal, porque não se começa, por colocar a nossa classe política a dar o exemplo, e congelar o salário dos ministros até a crise passar, reduzindo o governo para metade, e até reduzir os valores das suas várias reformas, não podendo, atingir um determinado limite?
Porque nos tempos actuais, nunca seria necessário tantos governantes, quando temos ao nosso dispor toda a tecnologia encomendada por este governo, e que nos é proporcionado pelo “choque tecnológico”.

Está mais que visto, apesar da propaganda do governo, dizer que os sacrifícios é para dividir por todos, como agora ficou demonstrado, as vacas magras estão sempre reservadas, e mais uma vez, para os mesmos de sempre
!

Sem comentários:

Veja as fotos que se encontram, em baixo, no final do blogue!

Todas as fotos são referentes ao concelho de Monchique!

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor