18/06/09

AUTÁRQUICAS 2009 EM MONCHIQUE!

Clique em cima da imagem para ficar no tamanho ideal

Há muito que está traçado a grande prioridade!

Já só somos 5764 eleitores. No futuro, tudo o indica, seremos muito menos, se entretanto nada for feito em sentido contrário. Muitos dos Monchiquenses há muito que partiram à procura de uma vida melhor. Muitos residem nos concelhos limítrofes, principalmente na cidade de Portimão.

À medida que são renovados os bilhetes de identidade, serão cada vez menos os cidadãos recenseados em Monchique. Depois de pedirem o novo Cartão de Cidadão, ficam automaticamente recenseados na freguesia onde residem. A morada actual é que conta para efeitos de recenseamento.

Mas apesar de morarem fora do concelho, muitos, mantêm uma forte ligação ao concelho e preferem votar na terra que os viu nascer. Por isso continuam recenseados na sua terra. A partir de agora, à medida que forem renovando o B.I. isso já não será possível.

Só se tiverem uma segunda casa em Monchique, ou uma morada de algum familiar, para poderem continuar como residentes. Mas isso como sabemos só pode trazer inconvenientes e não é possível para todos. Monchique por este e outros motivos perde, a cada dia que passa, os seus eleitores mais jovens.

17 comentários:

Alberto disse...

É uma grande verdade. Monchique precisa de rejuvenescer. Não se sabe é como isso será possível. Nasci em Monchique onde sempre vivi e ainda tenho parte dos meus familiares, mas agora por motivos profissionais resido em Portimão há cerca de dez anos, mas sempre votei em Monchique. Este ano por causa do cartão do cidadão já não fui votar nas europeias. Simplesmente abstive-me. Nas próximas legislativas e autárquicas vou fazer o mesmo. Só as autárquicas é que me faziam votar. Como já não posso votar em Monchique para dar o meu voto ao actual Presidente Carlos Tuta que tão bem soube tratar das estradas por todo o concelho, este ano vou definitivamente deixar de votar. Por isso também não voto em Portimão.

Anónimo disse...

Sr. Alberto:tratar das estradas, é muito pouco para quem está 26 anos no comando de uma autarquia.E AS ESTRADAS NÃO SÃO SÓ DA COMPETÊMCIA DA AUTARQUIA.E as outras promessas não cumpridas? Não têm peso numas eleições?

Anónimo disse...

Este blog peca por meter tanta política ao barulho. É uma cambada de "PêpêDocas" a fazer campanha contra o actual presidente Carlos Tuta, a começar pelo senhor sonhador.
É verdade que o homem nem sempre tem estado bem, mas será que o Ruizinho faria melhor? Os rumores acerca da sua equipa na corrida às eleições assustam-me. Não é uma oposição credível e vão voltar a ficar em segundo. Os vereadores do PSD que foram eleitos nas últimas autárquicas "baldaram-se" a meio do mandato. Nas reuniões camarárias estão os suplentes dos suplentes e depois vêm-me dizer que o PSD é que é bom?
Por amor de deus, senhores anónimos "Pêpêdocas" com conversa de café neste bonito blog. Mostrem-se, apareçam, ajam em prol dos de Monchique. Politicamente, escrever só por escrever vale muito pouco ou nada.

Anónimo Independente

Anónimo disse...

Tem razão o Sr. Anónimo independente que de independente não tem nada. Os vereadores do PSD baldaram-se é um facto. O único que não se baldou às suas responsabilidades, foi um vereador do PS que na primeira vez que quis ser independente nas suas convicções, ao defender uma causa que julgava justa, foi imediatamente demitido.

Ficou sem pelouro e sem as benesses que o cargo envolvia. Deixou também de ganhar 1/3 do vencimento que tanta falta lhe fazia. Como já estava reformado como todos os outros camaradas de partido, pensava que podia ter ideias próprias. Enganou-se!

Isto só prova que não é fácil ser vereador numa autarquia onde a opinião dos mesmos não conta para nada. É o poder absoluto no seu pior. Mas como o vereador do PS não resignou, ficaram aflitos. Fazia falta para fazer a maioria. O mesmo é teimoso, sabia que fazia falta à governação. O orçamento de 2008 não foi aprovado por causa do seu voto negativo. Como seria aprovado o orçamento de 2009 sem o seu consentimento? Votaria de novo contra?

O problema mais uma vez, contra todas as expectativas, foi facílimo de resolver. Como? Foi reabilitado de novo com um emprego e vencimento a condizer à custa dos interesses subjacentes que imperam há anos nesta autarquia.

Agora o dito Vereador, por trabalhar fora numa empresa particular, que só por acaso é que é uma das grandes credoras da autarquia, só aparece quando não faz falta. Com quatro vereadores dois do PSD e dois do PS o presidente tem sempre o voto de qualidade. Para que serve um vereador independente que passou de novo a ser dependente do sistema instalado?

Nem todos os vereadores da oposição pactuam com estas situações que ferem as suas sensibilidades como homens e como cidadãos. Compreendeu agora o anónimo independente, porque nem todos os cidadãos com dignidade estão dispostos a alinhar até ao fim, nesta grande farsa que se tem vivido nos últimos anos, na Autarquia de Monchique?

Anónimo dependente

Anónimo disse...

Senhor anónimo dependente. Os vereadores da oposição não são melhores que os vereadores no poder. São da mesma raça ou piores. As estratégias políticas utilizadas para derrubar os que por lá andam são do mais baixo que se possa imaginar. A população está farta e é preciso mudança? Que venha a mudança, mas uma mudança credível e não com os vícios do passado. Se quer que lhe seja sincero apraz-me observar que os dois vereadores eleitos pelo PSD nas autárquicas passadas, à semelhança do presidente, vivem fora do concelho. Não deveriam ser os primeiros a viver cá? Relativamente ao vereador exonerado não façam dele um santo, porque de santo nada tem. Isto da política tem muito que se lhe diga... estou para ver como vão ser as próximas autárquicas. Senhor sonhador, mostre-nos a nossa terra que é o que de mais belo temos e deixe lá as politiquices para os políticos e para as eleições.

Anónimo Independente que de Independente tudo ou nada tem.

Luis disse...

Caros senhores, deixem-se de politiquices partidárias, e façam alguma coisa pelos cidadãos do concelho, pelo menos por aqueles que mais precisam, que existem, não só no nosso concelho como em todos os concelhos, verdade que o nosso, não é dos piores. Em ano de eleições quer dizer que o Dr. Carlos Tuta, vai vencer as eleições de certeza em Monchique,mas de realçar que o PSD com o Dr Rui André, poderá ter mais votos do que em 2005.As freguesias, continuaram como estão PS(Monchique e Alferece), PSD Marmelete(lá vai continuar a freguesia com o desenvolvimento que...).Sou contra, os condidatos ou responsáveis das autarquias, que vivem noutros concelhos e que dirigem ou querem dirigir o nosso concelho.Pessoalmente, acredito que todos os partidos politicos do concelho têm homens e mulheres capazes para dirigir os destinos do concelho.Contudo, se houver partidos que não acreditam ter as melhores pessoas , recorram, a pessoas que são independentes do concelho, que são válidas. Não posso admitir, que os eleitores votem nas pessoas ou nos partidos, e depois as pessoas eleitas deixem os cargos, para os quais foram eleitos.Isto é uma vergonha, se nos candidatamos e ganhamos temos que cumprir. Quem não deve não teme, por isso todos os comentários que vejo, feitos por pessoas anónimas....

Riscado Truta disse...

É por esta e por outras, em idênticas situações, como o Sr. Alberto que não vivendo em Monchique não sabem em concreto o que se cá se passa. Nem os interesses políticos subjacentes que estão a jusante. Só lhes interessa é o caminho em boas condições para poderem chegar com os seus popós a casa de seus pais, sem problemas. E o resto?

Ele próprio foi vítima deste estado de subdesenvolvimento em que a política praticada o levou a ter de abandonar a sua terra, para poder sobreviver com dignidade noutras paragens. Como este há muitos outros, como o Sr. Luís que com o seu voto não contribuírem em nada para a mudança deste estado de coisas em que Monchique vive mergulhado há 26 anos. Outros interesses falam mais alto. Por isso há os que preferem que tudo continue rigorosamente na mesma.

Novas mentalidades precisam-se! As estradas fazem falta, mas Monchique carece de outras infra-estruturas para o concelho. Quem não mora cá, tem tudo o que precisa noutros locais onde residem, onde tudo ou quase tudo já foi feito. Estão por isso pura e simplesmente se marimbando para quem cá vive.

Outros que têm emprego garantido na Autarquia, ou outros interesses relacionados com a mesma, são os que têm contribuído para esta letargia em que vive o concelho. Os que heroicamente por cá vão resistindo que se lixem! Já se gastaram milhões e mais milhões de escudos e de euros, ingloriamente, sem que se veja qualquer retorno do dinheiro gasto.

As promessas há anos prometidas das obras para o interesse de todos, porque dão trabalho a cumprir, ficaram para sempre retidos na gaveta, apesar dos gastos absurdos feitos em projectos e mais projectos que não serviram rigorosamente para nada, a não ser para dar trabalho, ao longo dos anos, aos mesmos do costume.

Anónimo disse...

cdu cdu cdu cdu bloco bloco bloco bloco ppm ppm ppm ppm agora vamos ter candidato bloquista em monchique?

Anónimo disse...

Estou mais interessado é em saber qual será o nome indicado para número dois da lista do PS. Esse é que poderá ser o nome do futuro presidente da Autarquia.

O actual presidente já não conta para nada, assim como todos os autarcas por esse país fora que estão em final de ciclo. Os seus sucessores têm nestas eleições de ser encontrados.

A limitação de mandatos vem colocar um termo à carreira destes dinossauros que voluntariamente nunca largariam o poder se a isso não fossem obrigados.

Anónimo disse...

Sr. Anonino dependente

Se o que diz é verdade, os vereadores do PSD têm de aprender a comportar-se como oposição.

Nas reuniões em que o vereador do PS não está presente e se os assuntos são importantes porque não se ausentam os Vereadores do PSD e os assuntos ficam para uma proxima, proxima, proxima. Nem sabem aproveitar as boleias que lhes dão.

Ja tinha reparado que o PSD não consegue habituar-se à ideia de deixar de ser oposição ao Carlos Tuta, nem me parece que seja grande frete mantê-lo no poder.

Anónimo disse...

Então se o Tuta não conta para nada ou os outros em fim de ciclo não contam, porque se recandidatam?
Ou será essa a forma disfarçada de parecer que vão largar o PODER?
Mas alguém acredita que estejam interessados em passar testemunhos? Ja imaginaram o Tuta a deixar mandar os outros! Ele acredita que ELE e só ELE pode ganhar e por isso vai continuar a (DES)GOVERNAR.
Devemos exigir mais honestidade e não aceitar que o regime sobreviva com ditadores e aprendizes.
Cuidado, esta é a nova teoria encontrada por aqueles que detêm o PODER e que pensam e ou temem que o podem perder. (Presidentes, líderes partidários, comissões políticas, dirigentes locais etc.).
Se assim é, então temos de acreditar que aquele que nos indicam como sucessor é o mais disfarçado lacaio, subserviente e o mais capaz e determinado em manter na continuidade tudo tal como está, ao serviço dos interessses daqueles que o indicaram.
AO KING I sucederá o KING II. Chega de Koreia do Norte.

Anónimo disse...

Acho que a defesa de Monchique passa por uma candidatura à Câmara de Portimão, visto que já existem mais eleitores de Monchique em Portimão do que propriamente em Monchique.
Obrigaria a que a serra fosse vista de uma outra forma e muito provavelmente a surgirem projectos de desenvolvimento para Monchique, já que os políticos de Monchique têm vistas curtas, medo do desenvolvimento e do que é novidade. (nada de movimento nem maçadas, aqui na serra queremos descanso).
"Portimão ainda vai ser nosso,Maria"

Anónimo disse...

será verdade que vai aparecer uma candidatura do BLOCO DE ESQUERDA?
Ouvi comentar aí por Monchique. Alguém sabe? Alternativas precisam-se!
Boa sorte

Anónimo disse...

Deixemos de tretas. Ja todos viram que chegou ao fim o reinado do tuta- vamos apoiar o jovem candidato do ppd. pelo seu empenho as causas da nossa terra tiro-lhe o chapeu e acho que deve ir em frente. qualquer dia ninguem se quer candidatar a camara de Monchique.
vejam o que aconteceu em Vila Real de Santo Antonio. Hoje alguem se lembra do antigo e dinossauro ps que esteve na camara? o jovem presidente de camara virou completamente aquela terra e tenho esperança que o Rui Andre tambem fara o mesmo em Monchique e por isso voto nele.

Marco

Anónimo disse...

Chega de "tutalitarismo".
É uma vergonha a forma de governação ao longo destes 26 anos.
Tenho precisamente 26 anos, e para não cair no desenprego tive que fugir para Portimão. A sorte de trabalhar na autarquia não é para todos...SABEM O QUE DIGO!?
Se o meu pai la trabalhasse...mas ñ, ou então o pai da minha namorada...mas ñ! infelizmente tive que abandonar a nossa vila maravilhosa

Anónimo disse...

Ao ver o Ex-ministro Manuel Pinho ontem á tarde a ter aquela atitude vergonhosa, lembrei-me logo do nosso Tuta...depois do "almoço" fica sempre mais expressivo...
BEBAM ÁGUA...


Ass: Zé Nimguem

Anónimo disse...

Bastante mais expressivo, especialmente na sua vertente com tendência para polícia. Uma farda tornava-o mais verdadeiro. Irra "coitado do cidadão".

Veja as fotos que se encontram, em baixo, no final do blogue!

Todas as fotos são referentes ao concelho de Monchique!

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor