29/08/08

HOMENAGEM A UM FILHO ILUSTRE DE MONCHIQUE!

(clique em cima da imagem para ampliar)
A homenagem que tarda em se concretizar!

A Homenagem , mais que merecida, ao Dr. Humberto Messias Médico-Cirurgião!

Julgando interpretar a vontade da população de Monchique, foi constituída uma Comissão “ad hoc” para prestar uma justa e merecida homenagem ao Dr. Humberto Messias insigne cirurgião, que sempre tem colocado abnegadamente os seus conhecimentos técnicos e científicos na ajuda aos seus conterrâneos.

Após vários contactos com o próprio, com o Presidente da câmara Municipal de Monchique e com o escultor Melício, foi decidido materializar esse tributo numa escultura hiper-realista a colocar no largo dos Chorões, em Monchique, oferta intencional dos Monchiquenses, a custear por subscrição pública.

Este texto, acima, faz parte do panfleto publicitário!

Será que o atraso se deve, única e simplesmente, à falta de apoio da população que tão bem tem sido acarinhada em todas as dificuldades porque passaram e sempre foram apoiados e bem tratados. Estou por isso certo que todos, e foram muitos, que ao longo dos anos se socorreram e continuam socorrer-se dos seus conhecimentos. Por isso estou certo que todos comungam do mesmo sentimento de apoio e solidariedade, restando apenas saber, se esse apoio se traduz em efectivo apoio monetário para que a estátua seja uma realidade da autoria do escultor Melício no valor de 13.000 euros.

Por isso uma dúvida e uma pergunta se impõem: dois anos não são o suficiente? Quanto tempo, mais, ainda é preciso esperar para que tal se concretize depois de passado tanto tempo?

7 comentários:

Tony disse...

Tadinha da Autarquia! Não tem dinheiro.

Tem que estar à espera da “esmola” dos seus munícipes para pagar uma estátua a um filho ilustre da terra, a quem a população quando se sentia aflita,e sente, com os seus padecimentos, tanto deve. Mas em compensação tem dinheiro que chega e sobra para ralis, futebois, passeios, festas, espectáculos com artistas de nomeada, e outros que tais, enfim… tudo à custa do erário público.

No entanto já disseminou por Monchique estátuas por tudo quanto é sitio: Rua do Porto Fundo, Largo dos chorões, Quinta da vila. Certamente estas estátuas foram oferecidas por algum benemérito anónimo.

Enfim são as prioridades, difíceis de compreender, duma Autarquia que nunca deu, nem dá, valor aos filhos da terra. Já estamos habituados a isso.

Com tanta má vontade se fosse eu o homenageado, pura e simplesmente recusava ter uma estátua patrocinada pela Autarquia de Monchique. Favores não obrigado!

Anónimo disse...

a autarquia sempre esteve disponivel para contribuir para o monumento como aliás ja o fez em relaçao á sua parte, a populaçao que tantas vezes tem sido tratada pelo dr. é que se esta a esquecer de contribuir

António Ventura disse...

Já agora que falam de monumentos aos vivos, porque não fazer um memorial, que poderia ser uma simples placa aos mortos monchiquenses da Guerra Colonial, como propôs o José Sampaio no seu artigo do Jornal de Monchique. Esses, coitados, também mereciam ser recordados pois foram obrigados a ir para a guerra e deram a vida “pela pátria”. De resto nos próximos tempos iremos empreender uma campanha nesse sentido. Sr. bloguiata obrigado pelo espaço que lhe roubei. Um abraço
António Marreiros Ventura

Anónimo disse...

O Dr. Humberto Messias merece todas as homenagens dos vivos da nossa vila de Monchique, tem salvo muitas vidas tem dado muitas alegrias aos doentes e familias, so se lamenta que esteja a fujir com o " rabo " á seringa ou seja: nao compreendo porque nao participa com dinheiro para o MONUMENTO a esta justa homenagem a este GRANDE HOMEM da nossa terra,que tao bem ira ser feito pelo nosso Escultor Melicio,tambem grande artista de Monchique e de Portugal. Uma Sugestao ao autor da anterior mensagem: concordo á Homenagem dos mortos naturais de Monchique na Guerra Colonial, mas tambem concordo que seja o Escultor Melicio o seu autor. Obrigado

António Ventura disse...

Concordo plenamente com o monumento ao Dr. Humberto Messias, mas lembro que Monchique já teve grandes homens, que ninguém tem querido lembrar, e alguns deles médicos, como o Dr. Veríssimo da Silva e o Dr. Batalim, que nem uma rua com o seu nome têm em Monchique. O Dr. Veríssimo tem uma praceta com o seu nome em Portimão e o Dr. Batalim uma praça com uma estátua em Loulé. O Dr. Veríssimo recebia as pessoas de Monchique, não lhes levava nada e por vezes até lhes dava dinheiro para os medicamentos! Obrigados.
António Marreiros Ventura

Anónimo disse...

Esta coisa das homenagens, das estatuas e do nome das ruas, para que funcione e avance tem que ter a politiquisse por detras. não se iludam. M.N.

Joana Santos disse...

Monchique ainda tem algumas ruas sem nome. No alto de São Roque concretamente, apesar de estas poderem não ter qualquer conecção com os ilustres suprarreferidos, poder-se-ia constituir uma boa oportunidade para as baptizar.
Joana Santos

Veja as fotos que se encontram, em baixo, no final do blogue!

Todas as fotos são referentes ao concelho de Monchique!

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor