31/01/08

AUTARQUIAS!

(Clique em cima da foto para ver um vídeo)
O poder autárquico sempre foi mais corrupto do que o poder central. Os meios pequenos produzem regularmente uma aliança dos fortes contra os fracos. De certa maneira, resistir a um obscuro tiranete de província é muito mais difícil do que resistir a um governo nacional. Não há jornais (ou quase não há jornais) com suficiente autonomia, a televisão não se interessa e a própria comunidade de “notáveis” favorece a vigarice.

Mesmo os partidos da oposição raramente exercem uma vigilância a sério. Ou porque não têm meios, excepto a denúncia ao ministério (um acto inútil e pouco popular). Ou porque recebem, também eles, a sua parte nos melhores negócios. Os «dinossauros» – de que tanto se fala – são senhores feudais que, pouco a pouco, conseguiram associar, coibir, ou destruir toda a oposição.

Por isso, antigamente, se criou a figura do «administrador do concelho», que, vindo de fora (era nomeado por Lisboa) dava mais garantias de imparcialidade. O idílio do poder autárquico – de que o regime se vem gabando há vinte anos – reproduziu, com uma excepção ou outra, os vícios do costume. Só quando surge um caso como o de Fátima Felgueiras (contra a qual, convém notar, nada se provou), o poder autárquico se transforma de repente num monstro, «num gigantesco polvo» de maldade ou num «icebergue» de variados crimes, cuja ponta visível não passa de um pormenor anedótico.

Esta indignação não deixa de espantar. Primeiro porque o número de autarcas, que os tribunais de facto condenaram, é muito reduzido. E, depois, porque se o «polvo» e o «icebergue» existem, nunca verdadeiramente se pensou em reformar a administração local, reduzindo o número de concelhos, acabando com vereações multipartidárias, pondo um travão ao endividamento e por aí fora. Com o sistema obsoleto em que vivemos ninguém se preocupa. Mas Fátima Felgueiras excita toda a gente.


(Texto de autor que desconheço)

1 comentário:

Schnauser disse...

Gostei do último parágrafo! É de facto uma cinquentagenária muito geitosa!

Veja as fotos que se encontram, em baixo, no final do blogue!

Todas as fotos são referentes ao concelho de Monchique!

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor