23/09/07

OS LUGARES DO COSTUME!

(clique em cima das fotos para ampliar)
Eram estes, apenas, os dois lugares do costume, onde se costumavam afixar os editais para conhecimento dos munícipes, e deles se fazer a maior publicidade. Sempre foi assim ao longo de décadas. Só que inexplicavelmente a Autarquia actual, entendeu fazer desaparecer o lugar do costume em baixo, o qual só resta, apenas, e só, o lugar. Desapareceu pura e simplesmente o costume. Fica assim apenas um, que estava no interior da Autarquia e passou para o seu exterior.

O debaixo sempre existiu ao longo de décadas na Praça. Mais concretamente no final da subida da Rua do Porto Fundo, junto ao urinol ali existente. Era ali que se afixava as listas para os mancebos que iam para a tropa. Era ali que se publicitava os concursos, no período mais democrático pós 25 de Abril, que abriam para os munícipes poderem concorrer à Autarquia. Era ali que se afixava todos os editais de qualquer espécie.

Os editais publicitados esclarecem, no final, dizendo: “Para constar e produzir efeitos legais se publica este e outros de igual teor que vão ser afixados nos lugares do costume do município!” Ao menos poderiam dizer a verdade, dizendo no singular: “no lugar do costume.”

Agora todos os editais, já nem merecem ser divulgados, como antigamente. Quem quiser saber, que se dirija à Autarquia assiduamente. Se houvesse vontade de publicitar, e todos tomarem conhecimento com o que se passa na sua Câmara, o local ideal seria, actualmente, o largo 5 de Outubro, o local mais nobre da vila, e também, mais concorrido, e só depois se poderia partir para a sua extinção. Por isso em vez de evoluirmos, regredimos.

Porque é, apenas, nos Paços do Concelho que os mesmos são afixados! Vá lá saber-se porquê!

3 comentários:

Anónimo disse...

Apreciem o zelo do funcionário que afixou o edital. Nem ao menos se deu ao trabalho de afixar o edital com dois pionés, para se poder ler correctamente. E todos os dias passa, ali, junto dele. A Autarquia está numa torpeza total. O profissionalismo está bem patente até nos pequenos detalhes.

Anónimo disse...

É normal que isto aconteça numa Autarquia, que não está nada interessada que se saiba o que lá se passa, porque quanto mais o Povo viver na ignorância, tanto melhor. Veja-se o que se passa com as Assembleias Municipais. Conta-se por a mão dos dedos os munícipes que vão assistir. Tudo fruto duma política pensada para calar a voz incómoda dos contestatários. A própria Assembleia, maioritária, elaborou um regulamento com o intuito pensado de não deixar falar livremente os poucos cidadãos que lá vão expor os seus problemas. Não estão interessados em ouvi-los, e ficam incomodados quando tal acontece. São autistas por natureza. O poder absoluto ofusca-lhes o discernimento, não querem saber o que pensam os cidadãos e muito menos resolver-lhes os problemas. Vivem num mundo á parte.

jose franco disse...

Autistas..é pouco.
Tudo isto não passa do fruto do desmazelo e reacionarismo primário contra o Municipalismo e a Democracia.

Veja as fotos que se encontram, em baixo, no final do blogue!

Todas as fotos são referentes ao concelho de Monchique!

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor