15/07/07

SARAMAGO NÃO É PROFETA MAS TEM VISÕES!


O Prémio Nobel da Literatura, defende numa entrevista ao D.N a integração de Portugal em Espanha onde deveria tornar-se mais uma província Espanhola. E vai mais longe ao dizer que para não ferir a susceptibilidade dos Portugueses também a Espanha deveria mudar de nome e passaria a chamar-se Ibéria.

José de Sousa Saramago reside há 14 anos na ilha espanhola de Lanzarote, onde chegou à conclusão: «Não deixaríamos de falar português, não deixaríamos de escrever na nossa língua e certamente com dez milhões de habitantes teríamos tudo a ganhar em desenvolvimento nesse tipo de aproximação e de integração territorial, administrativa e estrutural».

Só nos faltava mais esta, tentar criar-se uma corrente de opinião para nos convencer a fazer parte duma Espanha mais desenvolvida, e mais produtiva. Portugal seria então mais uma província espanhola, a juntar à Andaluzia, a Catalunha, o País Basco, a Galiza e Castilla la Mancha.

E o que ganharia o povo Português, com tanta fartura, perdendo a Independência?
Nós já fomos pobres, e até mais ricos que os espanhóis e nunca lhes ouvimos dizer que queriam ser portugueses? Porquê agora esta corrente de opinião?

Esta hipótese até me dá vontade de rir, porque a grande maioria de todos nós, temos orgulho de ser portugueses, e por muito mal que estejamos nunca…mas mesmo nunca, aceitaríamos, pacificamente, fazer de novo parte de Espanha.
De resto num mundo global em que vivemos todos os Países têm problemas, uns mais do que outros, e os Espanhóis também não fogem a essa regra.

Se ele é tão feliz em Espanha e eu até acredito que sim, tem uma mulher muito mais nova que ele, e está assim tão feliz, mas afinal não consegue estar totalmente realizado. Porque será que o seu pensamento está sempre em Portugal? Se calhar é por ter problemas com o fisco espanhol que não brinca em serviço, e para isso já se sente novamente português de alma e coração.

José Saramago é um patriota, quer mesmo pagar todos os seus impostos em Portugal. Até a fundação José Saramago terá sede em Lisboa. Quem é que pode, assim, acusá-lo de falta de patriotismo?

Nós, os Portugueses não precisamos de nenhuma integração o que nós precisamos é de começar verdadeiramente a trabalhar. Porque a única razão para não o fazermos, é perdermos a confiança e a descrença em nós próprios.

7 comentários:

Anónimo disse...

Gente como este senhor não faz falta cá.Va-se enbora de vez e deixe Portugal ser dos Portugueses.

Anónimo disse...

No melhor pano cai a nódoa!

Crameia

EMIR disse...

Boas

Por favor,vamos com calma.
Não é Prémio NOBEL quém quer!
È NOBEL (entre milhôes)quém tem valor universal!
O Nosso José Saramago sabe bem o que diz.Na dúvida,leia-se a sua vasta obra,(há para todos os gostos)
O José,Deixa-nos a dúvida e a liberdade para argumentar contra "esse futuro",a Ibéria,mas...poderá alguém ser capaz de prever hoje em dia...o dia de amanhã?

Os peixes pequenos,instintivamente,defenden-se em cardume.

Só nas sinergias se pode contribuir com algum equilibrio para a Globalização.
A "massa pensante e mandante"portuguesa tem como tradição":de Espanha nem bom vento nem bom casamento".
Por morrer uma andorinha,acabou a primavera!!!!

A História está cheia de falcatruas.Os espanhois sempre nos voltaram as costas,nunca necessitaram de mais um país,já eram muitos..castela,navarra,andaluzia,leão,etc,etc,etc.,perderiam batalhas por falta de tropas?

Hoje em dia as "guerras" são outras!
Espaço....o espaço vital para suportar o crescimento,esse crescimento que é rei no palco mundial.
Em 2025,dizem os expert,85 % da população mundial viverá em cidades!
O modelo de desenvolvimento "em moda"actualmente a isso conduzirá,inevitálvelmente!
Os recursos para "manada" "viver" valem o que o Big Brother dizer que valem.
A liberdade passa a conceito elástico!
Esse caminho que não é lento nem rápido,já começou a ser percorrido!
Primeiro desapareceram os Lugares,Montes e Casais...Tal como no poema de Bretch..depois atrofiaram as Vilas e passaram a ser Lugares (de passagem),depois as pequenas cidades de interior passaram privaçôes e passaram a prisôes.....
Os Países que acordarem tarde para o conceito "a união faz a força"secumbirão mais cedo,
e os Países..são os seus habitantes!
Nunca como hoje foi tão importante acordarmos para a dura realidade.
GLOBALIZAÇÃO e DEGRADAÇÃO AMBIENTAL.

E:M:I:R

Guerreiro disse...

José Saramago, do alto da sua vetusta idade, brinda-nos por vezes com declarações que achamos estranhas.No entanto,considerando a forma como somos (des)governados pela nossa classe politica,acaba por fazer algum sentido.

Marieta disse...

Tenho orgulho em ser do País que fala a língua do josé saramago:PORTUGAL
Tenho orgulho no José Saramago-Pensador...Ser PORTUGUÊS.

É bom senso escutar os Mestres!
eu faço-o com atensão e esforço.

Marieta

Púlquéria disse...

VETUSTA SABEDORIA,por favor!

que viva por muitos e bons anos,
Feliz ao lado de quém o entende e ama, Pilar..são simplesmente um dos primeiros casais Ibéricos,e dão bom nome a Portugal.
Bem Hajam

Púlquéria

Tiago F. disse...

essa invenção dos países é uma receita dos humanos que pode ter muitas vantagens e lados positivos mas tem outros bem maus. é possível ter fortes identificações e pertença a grupos mais úteis que países, clubes de futebol, religiões. Felizmente em muitos aspectos as fronteiras têm-se diluído e vão diluir-se ainda mais. Mais do que Português sou humano, no séc. XXI. Esse é o meu mais importante grupo de pertença.
Quanto ao valor do que diz Saramago...o ser Nobel não lhe dá mais credibilidade. Essa coisa dos prémios também sabemos que tem muito de contextual, político. Saramago para além de bom escritor também já foi autor de atitudes bem pouco recomendáveis. por isso é sempre bom avaliar as ideias por si, sem nos deixarmos influenciar pelos prémios ou pelos actos menos dignos dos seus autores!

Veja as fotos que se encontram, em baixo, no final do blogue!

Todas as fotos são referentes ao concelho de Monchique!

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor