19/07/09

OS CASTANHEIROS DE MONCHIQUE!

clique em cima das imagens
O nosso património natural, que ainda subsiste, merece todo o nosso carinho!

No passado eram bastante abundantes na nossa terra e talvez um dos motivos da nossa maior riqueza. Talvez fosse essa uma das maiores razões para que a nossa serra fosse tão povoada. Por os mesmos existirem no nosso território há séculos é considerada como espécie indígena. Floresce no período que vai de Maio a Junho e os frutos amadurecem nos meses de Outubro a Novembro.

A doença da tinta foi um dos fortes motivos no passado e também no presente, assim como os fogos que têm contribuído para a sua dizimação. Presentemente apenas existem pequenos núcleos já sem grande significado mas que merece de todos nós, e de quem nos visita, a melhor das atenções para o que ainda existe seja preservado. O clube Montanha Clube tem levado a efeito um evento precisamente denominado a “Rota da Castanha” pelo 5º ano consecutivo para dar a conhecer o que o interior algarvio ainda tem do seu melhor.

No passado os serradores em Monchique formavam um classe operária bastante prestigiada devido à sua valentia que davam mostras para trabalhar a madeira tão rija, assim como os almocreves que transportavam a madeira por caminhos sinuosos no interior da serra que ainda hoje subsistem algumas recordações desses difíceis tempos de trabalho.

É desta belíssima e extraordinária árvore que sai o seu apetitoso fruto altamente energético que dava uma preciosa ajuda na subsistência das famílias no passado. Pelo corte das suas varas que serviam para fazer cajados e paus de varejo, assim como as pipas, as caixas de celeiros, as salgadeiras tão resistentes, tudo utensílios imensamente procurados pelos agricultores na época para guardarem os seus produtos e acima de tudo pela qualidade da sua madeira que continua, até aos dias de hoje, a ser a maior valia na produção de mobiliário de alta qualidade devido à sua grande durabilidade.

11 comentários:

filomeno disse...

castanhas sim sãs,boas, sem produtos quimicos,bem boas para a nossa saude.agora rota das castanhas com poluicao dos carros dos meninos lindos isso nao,ja nao faz parte do que e bom.os carrinhos lindos dos meninos lindos deviam de ir para o estoril,mas como e longe e gastam gasosa podiam ir para o autodromo do algarve,que assim ja nao deitavam fumaca para um alimento que ainda e sao

António Quaresma disse...

Monchique é um verdadeiro paraíso. Como portimonense que sou, mas com raízes nessa terra, gostaria que o concelho de Portimão pudesse anexar por via legislativa esse território tão grande, mas tão mal administrado. Ainda por cima sendo o concelho de Portimão tão rico onde todos os monxiqueiros acabam por cá vir parar, mais tarde ou mais cedo, mesmo que não tenham nenhuma vontade.

Portimão tem condições e dinheiro para fazer uma auto-estrada até Monchique e todos seríamos muito mais felizes. O autódromo Internacional do Algarve com dinheiro dos contribuintes é um bom exemplo. Assim não tendo para onde estender o seu pequeníssimo território acaba a gastar o dinheiro sem proveito, em festas e foguetes, onde os caras VIP da capital se aproveitam da saloiice provinciana dos que administram cá o burgo.

Anónimo disse...

O comentário do António Quaresma é no minimo infeliz.

Crameia disse...

Monchique e Portimão complementam-se: Portimão tem o urbanismo moderno, tem as praias, tem o porto de pescas, tem tudo o que Monchique não tem. Monchique guarda a tradição; tem as Termas e as águas; a tranquilidade; a floresta; boas frutas e vegetais; tem tudo o que Portimão não tem.
Rivalidade entre Monchique e Portimão não faz sentido nenhum. Pessoalmente a minha preferencia vai para Monchique, mas também gosto de Portimão. Vou umas trinta vezes a Monchique por ano e uma ou duas a Portimão.
Desejo a todos os conterraneos que se divirtam e sejam felizes!

Anónimo disse...

h o sr ar da sistauablotataua auterraguista nrao tem noticias para da sua terra sr blogista enfim mau

Anónimo disse...

Senhor Sonhador o que se passa consigo? Tantos dias sem dar notícias inquieta-me!
Algo de anormal se está a passar. Espero que não seja problemas complicados de saúde! Ou será que quer acabar mesmo com o blog. Ou estará de férias? Quase todos os dias sofro uma nova frustração sem aqui ver nada de novo escrito. Ao menos podia dar uma palavrinha para dizer o que se passa. Fico à espera de novidades. Uma eterna admiradora deste blog desde sempre. O único que nos fala dos problemas reais da nossa terra, cada vez mais insonsa, onde nada agora parece acontecer, nem mesmo em época agitada de eleições. Saudações amigas duma conterrânea que se encontra a viver longe de Monchique mas que gosta de saber o que se passa na sua terra e que se habituou a visitá-lo assiduamente.

Anónimo disse...

O nosso patrimóneo está mais uma vez ameaçado, por incompetência de quem nos dirige ou dirige as Instituições como os Bombeiros Voluntários de Monchique.
Qualquer dia acontece o mesmo que aconteceu em 2003 - INCOMPETÊNCIA do Comandante dos BVM, e passo a citar:
Há Bombeiros da Secção dos Bombeiros Voluntários de Marmelete que se deslocam a uma distância de mais de 5 km para ir almoçar e jantar, todos os dias, chegam a levar mais de 2 horas (percurso+almoço+repouso) a regressar à Secção.
Esta semana houve um incêndio na localidade de Marianes que fica a cerca de 5 Km de Marmelete e a 9 10 de Aljezur e os Bombeiros Voluntários de Aljezur chegaram primeiro, logo assumiram o Comando do fogo. Isto aconteceu precisamente na hora de almoço.
Estes homens de Marmelete estão a ganhar mais de 6o euros por dia e em Monchique passe-se o mesmo almoços prolongados.
A culpa não é dos Bombeiros eles são competentes e capazes já o provaram noutras alturas, estão é mal dirigidos, Demita-se Sr. Comandante, os BOMBEIROS agradeciam e a população tambem.
Já chega, basta. Existe pessoas competentes em Monchique muito melhores que o Sr.
Reconheça que não presta.

joao faria disse...

viva foi o melhor blog que vi ate hoje parabens ao seu autor,sou alfacinha

antonio vargas disse...

onde anda,,,,,dont minth,so,sente- se que falta qualquer coisa ai desse lado,nao por obrigaçao,mas.............nao nos deixe de continuar a ver ,ler sentir aquilo que qualquer mochiqueiro,quer ver,e ler,e............o resto e como voçe sabe ,,,,,,,espero ver o que faz bem ,...

Anónimo disse...

Sr. sonhador escreve sobre madeira de castanho ser dura não o e como ve voce não sabe tudo .
A madeira de castanho e uma madeira macia mas muito duravel.
Sr. sonhador dedique-se a pesca vai ver que lhe faz bem........

R.M. disse...

Exmo sr quaresma va para a escola aprender a escrever monchiqueiros que se escreve com ch não com x.

Veja as fotos que se encontram, em baixo, no final do blogue!

Todas as fotos são referentes ao concelho de Monchique!

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor