04/06/10

ESTE ANO AS FÉRIAS COMEÇAM MAIS CEDO!

Enquanto espera divirta-se vendo os vídeos engraçados no Blogue Um Provinciano. Basta clicar aqui. Boas férias para todos!


64 comentários:

Anónimo disse...

Amigo Sonhador não me diga que tirou férias para ir até à África do Sul apoiar a nossa Selecção?

Victor disse...

O blog monscicus todos os anos vai de férias. Espero e desejo que este ano não seja férias definitivas para sempre.

sportinguista disse...

meus amigos este vai ser o ano da nossa seleccao a melhor de sempre

Anónimo disse...

Este blogue é um local de liberdade. Para que queremos a liberdade se a maior parte não a sabe utilizar?

Anónimo disse...

tantas férias

AZUL DRAGÃO disse...

Mas , afinal não estás de férias permanentes ?


Um abraço

Anónimo disse...

tirou ferias prolongadas para nao ter de divulgar as trapalhadas que o presidente da camara anda fazendo.

Uma Conterrânea disse...

Meu caro Sonhador estou a ficar preocupada. Já se passou mais de um mês e notícias e fotos da minha terra nada. Será que esta ausência prolongada vai continuar por muito tempo? Quase todos os dias aqui venho e não vejo nada de novo. O problema é que nos habituamos a considerar o blog como um dado adquirido e esquecemos que do outro lado está alguém que perde o seu tempo a fazer um trabalho muito gratificante para podermos saber notícias da nossa terra. Só quem está longe é que sabe dar o valor. Quando tudo falha sentimos uma enorme frustração. Espero haver notícias em breve. Muito obrigada pela atenção dispensada!

Anónimo disse...

Mas que raio se passa com este blogue? Será que o mesmo vai acabar? Não será férias a mais? Já sabemos que custa denunciar as trapalhadas que se passam na Autarquia e que ninguém compreende porque continuam.

O Presidente não quer, não pode, ou não tem coragem de assumir as suas responsabilidades que lhe compete para acabar com as ilegalidades que já vêm do passado e que teimam em continuar. E são muitas.

Por isso o maior descontentamento vem precisamente dos apoiantes, mais chegados, que o ajudaram a conquistar o poder. Por isso se o executivo conseguir acabar o mandato, de quatro anos, para que forem eleitos já podem dar-se por felizes.

Mas se o amigo bloguista colocar a política de lado haverá certamente outros motivos bem mais interessantes para mostrar. É isso que eu espero, porque aprecio muito este blogue, que acompanho há muito tempo.

Um abraço

Anónimo disse...

Decepção ou cobardia?
Decepção por ter sido o blog de apoio a uma candidatura que se está a revelar uma nulidade?
Decepção por ter sido o apoio máximo de um grupo que não consegue tomar o leme e levar o barco a bom porto?
Pois é, navegamos em águas muito, muito, muito turvas!
Marasmo? Está instalado!
Excepto nas perseguições políticas que já se fazem sentir e de forma estrondosa.
Na Câmara põem quem querem, quando querem, e MANDAM PARA A RUA funcionários competentes apenas porque não são da cor deles!!!
Não sabem? Não têm conhecimento?
Então, tentem saber! Venham morar para Monchique e assistam à única obra física que o nosso presidente gerou em nove meses: montinhos de areia no telhado da nora.
Pois é, senhor sonhador, o seu sonho, virou PESADELO e o pior é que o povo não anda cá a dormir!
Deixe de ser cobarde, publique este post e vá dizendo qualquer coisinha!

Anónimo disse...

Perdoai-lhe SENHOR,porque este último comentador, NÃO SABE O QUE ESCREVEU E O MAIS GRAVE É QUE É CALUNIOSO.

Anónimo disse...

Pois é tem de ser perdoado...porque não sabe mesmo o ke diz...
fazem-se acusações assim sem mais nem porquê, parece que os ultimos vinte e muitos anos que passaram foram muito bons...
No tempo em que o dinheiro abundava, foram esbanjadas autênticas fortunas, sabem em quê??? quase nada... festas concertos, alcatrão em tempo de eleições, fogo de arificio e muitos caprichos.
Reparem no exemplo de portimão...teve uma gestão muito parecida, e agora!? está mais que falida, enfim!
Não nos podemos esquecer da antiga arrogância que existia...
Enquanto se continuar a pensar pequeno estamos mal...
Temos de ser racionais e perceber que é preciso alguma ginástica financeira para tentar minimizar os erros estrondosos do outro senhor que possivelmente hipotecou o pulmão do algarve.

Anónimo disse...

Pois claro, poupar é não gastar dinheiro mas este presidente gasta na mesma e depois ainda dizem que não há dinheiro mas para andar comprando terrenos já existe.

Anónimo disse...

Pois bem, meus amigos, sejam lúcidos e comparem os erros. Eu pela minha parte, não vejo muitas diferenças. Um não era bom, o outro não se tem revelado melhor. Tento ser imparcial, mas sempre que vou a Monchique, não vejo diferenças. Se um era um pavão, o outro não deixa de ser pavão e ainda a procissão vai na praça...
É só ares!!! Olhem, venha o Diabo e escolha!

Anónimo disse...

Passei por aqui apenas para dizer que espero que este blog não tenha ido de férias definitivamente, pois faz muita falta...

Já agora gostava só de dizer a certos senhores que antes de dizerem tanta asneira pegada, deviam informar-se melhor...

E...

Faço minhas as palavras dos Senhores Anónimos do dia 2 de Agosto.

Anónimo disse...

Dizem que a autarquia de monchique não tem dinheiro.

Mas o Presidente vem dizer para os jornais que vai arrancar com a Construção de Cento e lar de idosos em 2011.

Esta semana ficámos a saber que há mais de 300 pessoas na lista de espera do único lar de idosos existente no concelho de Monchique, que tem capacidade para apenas 80 utentes. Para fazer face ao reduzido número de respostas nesta área, num município rural, isolado e envelhecido, a autarquia prevê arrancar no início do próximo ano com as obras de construção de um lar de idosos em Marmelete e um centro de dia em Alferce.

Será que vamos começar a ser bombardeados com estas notícias que soam bem ao ouvido só para ir ludibriando os incautos como se fazia no tempo do outro senhor.

Zé d'Adega disse...

Uma nulidade é o que tem sido a gestão do actual executivo. Se fosse para mudar, ao menos que fosse para melhor e não para muito pior.

Além do amadorismo dos vereadores, soma-se uma boa de dose de incompetência para lidar com situações muito delicadas. O resultado só pode ser desastroso.

Precisamos de 2014 bem depressa.

Anónimo disse...

Muito se fala e nada se diz!
A agora oposição, parece sofrer de um autismo crónico, só dizem alguma coisa porque ouviram alguem dizer, isto é são uns papagaíos...
Parece-me que tambem sofrem de amnésia...porque estão esquecidos das duas ultimas decadas e meia...
Então custa muito perceber que no tempo das vacas gordas é que foram cometidos os maiores e piores erros no nosso concelho!
Como cheguei a ler aqui alguns posts de alguns seguidores do dinossauro derrotado, em que diziam que o antigo regedor da quinta ia a lisboa e trazia os bolsos cheios de dinheiro para fazer obras no bairro social da ceiceira. Não sei se alguem se lembra, porque as memórias parecem andar muito fracas, visto que só agora é que são cometidos erros, só agora é que há uma má gestão...
Lembrem-se que o maior problema começou há vinte e tal anos atrás, quando entrava dinheiro para isto e para aquilo e era mal aplicado.
Enfim parecem que andam a tirar água da nora...só vêm para a frente para não ficarem tontos...

Anónimo disse...

Uma boa notícia para Monchique!

Alicoop: Carlos Tuta assume administração da empresa de salvação da cooperativa.

Segundo o ex autarca, o convite para presidir à Terra Exclusiva - a empresa que irá substituir a Alicoop até novembro na gestão da maior cadeia de supermercados do Algarve - foi-lhe feito "pelo anterior presidente da cooperativa e pelos acionistas, credores e fornecedores".

"Foi uma surpresa para mim. Nem pestanejei para responder afirmativamente ao desafio que me foi lançado pelos acionistas e que, para mim, significou o reconhecimento do trabalho que desenvolvi no poder autárquico ao longo de 27 anos", disse à agência Lusa.

À frente do executivo socialista do município de Monchique desde 1983, Carlos Tuta era o mais antigo presidente de uma autarquia no Algarve até que em Outubro de 2009 foi derrotado nas eleições autárquicas pelo social-democrata Rui André, por uma diferença de 67 votos.

Chegou a tomar posse como vereador da oposição, mas agora diz-se "de alma e coração" no projeto de reabertura da cadeia de supermercados Alisuper.

Tomou posse como administrador único da sociedade a 9 de agosto, dia em que os cerca de 150 fornecedores credores da Alicoop formalizaram a criação da empresa Terra Exclusiva.

"Esta empresa vai substituir as anteriores até finais de novembro, tal como prevê o plano de viabilização aprovado pelos credores e pelo tribunal", explicou, fazendo notar que "o principal objetivo é a reabertura das lojas e começar a faturar".

A Carlos Tuta deverão juntar-se dois outros administradores nomeados pelos acionistas.
A estrutura conta já com João Saúde, da Caixa Agrícola de Albufeira e dos Apartamentos Turísticos da Oura, no conselho de supervisão, e com Rodrigues Gomes, ex Sonae Distribuição, e Lara Castelo Branco, ex Wurth, no conselho de gestão.

olho vivo disse...

entâo o sininho desaparecido da praça do peixe jà deu à costa?e esta hem? (voltei sim porque tinha muitas saudades da praça)

Anónimo disse...

Olhe, olho vivo, o sininho deu à costa, mas os vendedores deram de "frosques"!!!

olho vivo disse...

os srs deram de froskes porque jà tinham o rabo entalado,mas foi feita justiça graças a este blogue

Anónimo disse...

Sino do mercado municipal

Após alguns anos, alegadamente desaparecido, o famoso sino do Mercado Municipal, voltou ao seu lugar no dia 13 de Agosto.

Isto segundo informação, colocada na agenda, e distribuída pela Autarquia de Monchique referente a Agosto de 2010.

Anónimo disse...

«Estou de férias!» e distraia-se vendo filmes divertidos no blogue «Um Provinciano».... è assim que o senhor Armindo Jorge reage ao ver quase nascida a criança que ajudou a gerar (em Junho estava de 7 meses). Agora já nasceu e confirmada que esta a natureza dacriatura, do armindo nem vê-lo.
Era uma das três possíveis reacções:
1.ª Aceitava e assumia que era assim que realmente pensavae queria que o Município ficasse entregue a este marasmo e desnorte em que o novo presidente só copiae executa o pior do anterior;
2.ª Não aceitava e prosseguia o combate á procura de outra mudança. Não era esta que Monchique precisava. Claro está!
3.ª Escondia, acobardava-se e ía dedicar-se àpesaca, pois apostara no preto e saira no encarnado e essa eraa cor que se abatera no seu rosto da vergonha tão grande que sentira.
Enfim, escolheu uma...

Anónimo disse...

Rui André um presidente virado para a cultura!
Sr. presidente nem só de pão vive o homem....!
(sómente um pequeno desabafo - aviso)

Laura Pinto disse...

Sou natural de Monchique e com muita pena minha só agora descobri este maravilhoso blog. É uma delicia descobrir todos os recantos e histórias de Monchique. Tenho lido estes últimos comentários onde alguém diz que o mesmo pode terminar. Mas o seu autor diz-nos que está de férias e promete-nos que voltará com novidades para contar. Afinal em quem podemos acreditar?

Anónimo disse...

Lamentvelmente este blog que durante tantos anos serviu para mostrar o qque estava mal em Monchique de um momento para o outro simplesmente desaparece e da a entender que esta tudo bem!ERRADO!!!
Continua a haver muita asneira feita e outra por fazer e este blog devia continuar a mostra-lo.Porque nao falarmos das taxas que ja devia estar em vigor no dia 1 de Maio,e continuam a ser pagas ao municipio pelos municipes de forma ilegal!???
Enfim a politica é isto mesmo quando sao os outros fala-se quando somos nos passamos ao lado.
Volte e cumpra os eu bom trabalho

Anónimo disse...

Já que o administrador foi de férias... a malta vai dizendo aki umas coisas!?

Sabiam que o presidente da direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Monchique, anda a enviar documentos via E-MAIL para os elementos do corpo activo e nem só?
Anda a mandar umas cópias de documentos que supostamente foram enviados ao presidente da camâra...
Já me foram facultados esses documentos e aquilo é...vira o disco e toca o mesmo! Politica pura.
Todas as associações de bombeiros deviam unir-se e manifestarem-se ao governo central, não ao local!
Porque não pode ser o municipio a assegurar o financiamento destas associações, mas sim o governo.
Por isso, o senhor presidente dos bombeiros não pode ser tão repetitivo, tem é que ser um homem credivel, para aproximar a população e as grandes empresas do concelho e da região, da associação!
Se não é possivel gerar receitas para sustentar a associação, tem que tomar coragem e assumir a reponsabilidade, para expor o caso de outra maneira....

Ps: NÃO UTILIZE ESTA INSTUIÇÃO PARA FAZER POLITICA

Anónimo disse...

Ora boas!
O novo presidente da direção dos bombeiros e o seu staff, está a preparar uma tourada que é para reverter a favor daquela "NOBRE" associação...pois bem, depois do fado vem a tourada, longe vão os tempos em que eram feitos os "Cortejos de Oferendas" aonde todos davam o que queriam e podiam dar, uns davam animais, outos fruta outros dinheiro, etc...etc...houve quem oferecesse um camião de madeira e até uma caminete de brita...pois bem, depois tudo era vendido em cortejo, e a receita servia para ajudar a colmatar as lacunas financeiras "que sempre existiram".
Segundo alguem que já não colabora naquela casa, essa camioneta de brita e esse camião de madeira foram "vendidos", mas quem as comprou(supostamente), nunca as chegou a pagar!?
Agora vou deixar aqui uma pergunta...
Quem será o bem feitor que nunca chegou a pagar?

Ps: se alguem souber de quem se trata, DIGA AQUI EM VOZ BEM ALTA.

Anónimo disse...

Tambem já vi esses e-mail`s...
Axo lamentavel que esteja a usar os homens e mulheres que lá trabalham como escudo!
Pelo que sei, não tem muito apoio lá dentro...as opiniões divem-se, mas a maioria não concorda com as teorias daquela direção. já tivemos fado, vamos ter tourada, talvez antes do natal chegue o circo...com o numero do palhaço triste.

Anónimo disse...

Amigo sonhador chega de férias...parece que já existe alguma matéria, mais que suficiente para expor neste belo blog, que tanto importante foi para o pessoal saber o que se passava no concelho.
Faça-nos esse favor e volte ao activo, POR FAVOR!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

sr anonimo muito bem gostei

Zé d'Adega disse...

Diz-se q o presidente anda a prometer lugares na câmara aos seus súbditos sociais democratas. Já disse a mt boa gente q era só concorrer. O rapaz diz sim a tudo e um dia o feitiço vira-se contra o feiticeiro. As medidas de charme não duram para sempre, camarada.

provinciano disse...

Amigo sonhador volte depressa porque faz muita falta. Já ninguém tem dúvidas a esse respeito.

Precisamos de saber o que se passa na autarquia de Monchique com a hipotética aprovação de obras particulares que lesam o nosso património cultural.

Chegou-me um zum zum aos ouvidos que a vista do miradouro de são Sebastião pode vir a ficar prejudicada. Será verdade?

Desta administração da autarquia podemos esperar um pouco de tudo. Onde andará a defesa intransigente do nosso património cultural por parte do nosso actual presidente que sempre disse eleger a cultura como uma das suas maiores prioridades?

O anterior presidente para quem a cultura foi sempre a sua “malapata” nunca consentiu que tal fosse permitido.

Os indícios estão á vista e são mais que evidentes:

A fazer fé na terraplanagem, já efectuada no local, tudo indica que sim!

O projecto está em fase de apreciação. A operação urbanística não se encontra licenciada segundo se pode ler numa placa ali colocada.

No local existia apenas uma construção em ruínas, de reduzidas dimensões, no lado direito do mirante, quando se olhava as mesmas, ao longe, da quinta da vila, a qual não incomodava a boa visibilidade da Vila de quem ali se deslocava, ao miradouro, principalmente os turistas, para a poder apreciar em toda a sua plenitude.

Pode-se não conhecer o projecto de construção em pormenor, nomeadamente a sua volumetria. Mas o local onde se pretende construir é conhecido.

Quem é que garante, a nós munícipes e indefesos, que tudo está a ser ponderado, tendo em consideração que o miradouro é considerado uma obra de interesse histórico – arquitectónico - muito valiosa, e uma das nossas arquitecturas mais emblemáticas do nosso concelho.

Será que os responsáveis técnicos da autarquia que aprovam o projecto estão a levar esse aspecto em consideração?

A única coisa que sabemos é que as autarquias, nomeadamente a de Monchique, em aspectos de somenos importância, costumava, em alguns casos, ser muito rigorosos na sua apreciação em pormenores tão simples que por vezes os munícipes, menos esclarecidos, ficavam indignados com tanta exigência.

E agora quem é quem defende, com rigor, os nossos monumentos quando um dos principais interessados nesta obra é um dos assessores do próprio presidente com maior influência, actualmente, dentro da própria autarquia?

Anónimo disse...

Bombeiros de Monchique estão sem dinheiro. Veja
clicando aqui a notícia completa no correio da manhâ.

Zé d'Adega disse...

Os bombeiros estão preocupados? Têm razão para isso. O Rui André vai apoiá-los com uma tourada que será um barrete. É tempo do executivo começar a pensar em resolver os problemas que tem em mãos e deixar o luxo e o charme de parte.

Anónimo disse...

Monchique é o município com mais veículos por pessoa. Será que podemos acreditar neste estudo? Pela primeira vez somos primeiro em algo que não acreditamos. Veja
clicando aqui a notícia no diário económico e os comentários feitos no mesmo!

Anónimo disse...

Devemos orgulhar-nos, isso sim, de Monchique ser conjuntamente com o de Aljezur como os concelhos do Algarve com a mais baixa sinistralidade rodoviária. Por esse facto há companhias de seguros a praticar os seguros mais baratos para os residentes destes concelhos.

Mas este parece ser um estudo que não é colocado muito em evidência como seria de esperar. Era bom que o nosso concelho fosse seguido por todos os outros concelhos que têm a sinistralidade mais alta. Este sim é um facto que devemos orgulhar-nos por contribuirmos para baixar a sinistralidade no nosso País.

José Martins disse...

Sr.Provinciano
Relativamente à futura construção de uma moradia unifamiliar a jusante do miradouro de São Sebastião e para esclarecimento do senhor e demais interessados, informo que o projecto de arquitectura foi aprovado por unanimidade em 13 de Outubro de 2009, ou seja, pelo anterior executivo, não tendo o actual qualquer responsabilidade naquela aprovação.

Importa ainda referir que, a altimetria da construção encontra-se abaixo da cota do pavimento do miradouro, estando por isso salvaguardada a vista para Norte e Nascente.

Para mais esclarecimentos, qualquer interessado pode consultar o processo de obras n.º 29/2009, junto da Secção de Planeamento, Ordenamento e Gestão Urbanistica da Câmara Municipal de Monchique, ou questionar o próprio promotor da obra.

José Martins

Homem da Luta disse...

Senhor José Martins: quando o assunto não interessa sacode-se a poeira para a casaca do outro. A culpa é do anterior executivo porque a obra foi por si aprovada. Assunto encerrado. O seu presidente andou a dizer que criou dois campos polidesportivos em Monchique quando na realidade foi o anterior executivo que venceu os concursos e lançou as obras. Neste caso já não interessa sacudir a poeira. Politiquices...

Anónimo disse...

Mas de que é que esta gente se queixa? Ainda querem mais?! Têm fado, baile e tourada! Mas o que é que falta a este povo? Só o vinho, que dá de comer a 10 milhões de portugueses!!!

Anónimo disse...

Senhor José Martins,
Muito obrigado pela informação. Mas, já agora, esclareça lá, se faz favor:
E a máquina da Câmara que lá anda? É o executivo anterior que vai pagar?
E as horas do maquinista? É o executivo anterior que vai pagar?
Vala-me Santa Engrácia, e Deus me perdoe! E eu que nunca tinha votado PSD! Mas o que é que me passou pela cabeça?!

provinciano disse...

Resposta a José Martins:

Sem querer entrar em polémica, afigurasse-me esta história que até pode ser verdadeira mas que está muito mal contada segundo o qual o projecto de arquitectura foi aprovado por unanimidade em 13 de Outubro de 2009, ou seja, pelo anterior executivo, não tendo o actual qualquer responsabilidade naquela aprovação.

Aprovação feita precisamente dois dias, depois de Carlos Tuta ter perdido as eleições que se realizaram a 11/10/2009.

Sabemos a desorientação e o desgosto que reinava na autarquia naquela altura, em que alguns funcionários choravam copiosamente e um outro até ameaçara alguns dias antes das eleições suicidar-se caso perdessem as eleições. E foi nesse momento de tristeza e grande amargura, por parte do executivo e seus apoiantes, depois de perderem as eleições, que a obra foi aprovada?

Sabemos também que o relacionamento entre o antigo presidente e o promotor da obra não era brilhante. Muito longe disso. E foi nesse contexto pouco propício a euforias que o executivo resolveu dar uma prenda ao funcionário mais desalinhado da autarquia como reconhecimento do empenhamento a que o mesmo se prestara para com a oposição para derrubar o executivo das funções que vinha exercendo. Alguém acredita nesta história?

Qualquer leigo na matéria, por muito distraído que seja, vê que aprovações desta natureza só se fazem quando os principais interessados na matéria estão de mãos dadas com o poder.

José de sousa Franco disse...

Exm.º Senhor Presidente da Câmara Municipal de Monchique

Exmo. Senhor Comandante dos Bombeiros Voluntários de Monchique,


Foi com profunda indignação que tomei conhecimento da “1.ª Tourada de Monchique”, e de como esta é apelidada de beneficente.

A tauromaquia é uma actividade bárbara, que em nada beneficia os animais que nela são intervenientes, e que envergonha Portugal, um país que continua a ser refém das constantes tentativas da indústria tauromáquica para manter o país na Idade Média no que se refere à maneira como os animais são aqui vistos e tratados. Só num país por civilizar e por desenvolver é que se admite que animais sejam perseguidos, torturados e mutilados em nome do entretenimento. Só numa sociedade fechada e obtusa é que se aceita o perigoso pretexto da tradição como razão para tudo – incluindo para o que é péssimo, cruel e sanguinário. E, só num país parado no tempo, se pode admitir que sejam torturados animais, e que se lhe chame beneficência.

Portugal já não é assim e a maioria absoluta da sociedade portuguesa afirma-se, hoje, contrária aos valores invertidos da obscena cultura de violência que a tauromaquia representa. Monchique deve continuar a evoluir no sentido positivo - como aliás, tem feito – e, deve sim, ajudar os seus "Soldados da Paz", apoiando iniciativas de angariação de fundos que não impliquem o sofrimento de ninguém

Os portugueses querem que Portugal seja um país evoluído e progressista onde os animais são bem tratados, são protegidos e são respeitados. Eu conto-me, da forma mais convicta que me é possível, entre esses portugueses e repudio absolutamente iniciativas como a que V. Exas. pretendem levar a cabo em Monchique, e que fazem com que o desenvolvimento social, cultural e moral de Portugal fique atrasado e seja impedido por exercícios de incivilidade.

Peço a V. Exas. que, tendo em conta o acima exposto, se dignem proceder a diligências no sentido de cancelar a referida tourada. Relembro a V. Exa. as palavras do Dr. Defensor Moura, deputado à Assembleia da República e ex. autarca da cidade de Viana do Castelo, aquando da sua corajosa declaração de Viana do Castelo como 1.ª “Cidade Anti-Touradas” de Portugal: “Esta foi a medida mais popular que alguma vez tomámos em Viana do Castelo. Tenho recebido cartas e mensagens de felicitação de todas as partes do mundo.”

Com a certeza de que V. Exas. revirão a V. posição e tomarão a decisão mais justa e acertada, despeço-me,

Com os melhores cumprimentos,

José de Sousa Franco

Anónimo disse...

AOS ORFÃOS DO CAPO DI TUTTI!

Para que fique claro nunca militei em partidos politicos mas ao longo da vida 98% dos meus votos foram para o PS. Desta vez para acabar com a prepotencia do poder instalado na Câmara Municipal de Monchique votei PSD. Isto a propósito de um comunicado do PS, que parece ter saído das cabecinhas orfãs e ressaíbidas de alguns que continuam instalados na dita Autarquia. O que criticam é nada (falar de uma rua mal alcatroada, de um sinal de trânsito, de um móvel transportado pelo Presidente conduzindo uma viatura da Câmara etc).Comparado com quase trinta anos a fazerem milhares de abusos e a receberem milhentas mordomias, coitadinhos vêm agora a público se queixar. (palavra derivada de "QUEIXO")
Como simpatizante do PS tenho vergonha destas atitudes que revelam o baixo nivel a que o PS Monchique está entregue. Apresentem soluções para o futuro, deixem-se de tricas e se alguém tem mão que cale essas "BOCAS DEFEITUOSAS"

Homem da Luta disse...

Desculpem. O folheto Ruca Miguel do Peso Produções Fictícias ou qualquer coisa do género retrata muito bem o estado em que as coisas estão: uma república das bananas. Não há critério, o amadorismo no tratamento de questões prementes é evidente em todos os sectores da autarquia. O povo quis mudança e realmente conseguiu para pior. É um facto.

Laurinda disse...

Comunicado n.º 1/2010 do PS distribuído à população de Monchique!

Li com atenção todo o comunicado esperando encontrar denúncias de verdadeiras ilegalidades e nada encontrei a não ser um texto vexatório que em nada os dignifica.

Já sabíamos que quem está no poder, tantos anos, perdeu a noção da realidade e dos atropelos que fizeram à lei para interesse dos amigos e amigas do regime!

Falar em minudências em que vocês, próprios, foram os campeões da trafulhice e da aldrabice não os enaltece em nada.

Digam…tenham a coragem de explicar… porque é que o vosso soberano chefe admitiu para trabalhar nas piscinas municipais uma funcionária sem qualquer vinculo à função pública, em regime precário, e já depois de ter perdido as eleições no dia 11/10/2009 preocupou-se de tal maneira com este caso, muito particular, que a admitiu, no quadro da autarquia sem a oposição saber, e muito menos a maioria dos funcionários da Autarquia, sem o mínimo cumprimento pela lei em vigor.

Foi por isto, e muito mais, que esperaram até ao último minuto do mandato para fazer a transferência do poder?

Isso é que deviam falar no comunicado. E não falam porquê? Porque têm “rabos-de-palha” como todos sabemos!

Já que a ilegalidade continua a perdurar, no presente, embora noutros moldes e sobre isso nem uma palavra. E vocês sabem bem disso!

Não falam… porque têm vergonha de remexer no vosso próprio passado, que só vocês secretamente conheciam, que em nada dignificou quem o praticou.

E tudo isto porquê?

Porque governaram a autarquia, em maioria, como se duma propriedade privada se tratasse. Faziam tudo e mais alguma coisa sem que nada nem ninguém os importunasse.

É destas trafulhices e ilegalidades que vocês já sentem tantas saudades? E ainda somente se passaram nove meses. Tenham calma que ainda vão ter que esperar muito tempo!

E agora com tão pouca vergonha ainda nos vêm dizer: “ (os órgãos da Concelhia de Monchique e os seus autarcas) irão bater-se sempre por Monchique e pelos monchiquenses, honrando todos e cada um dos votos que merecemos nas últimas eleições.

Se por acaso pensam que o povo já se esqueceu do vosso regime “Tutalitarista” em que todos, até vós próprios, tinham medo de falar em voz alta, estão bem enganados!

Eu pelo menos estou cá, fazendo parte deste mesmo povo, para de vez em quando os ir lembrando, se me deixarem, qualquer que seja o partido que nos governe!

Zé D'Adega disse...

Laurinda,

A procissão ainda vai no adro (9 meses, não é?) e já há manifestações contra medidas (populares?) do actual executivo. O caso da Tourada para auxiliar os Bombeiros é efectivamente brilhante.

Mas estes pequenos aspectos vocês, cuja maioria nem em Monchique habita, não criticam, não opinam e assobiam para o lado. O Tuta fez muitas asneiras e por não o reconhecer saltou do poleiro, o pior mesmo é que quem nos governa não denota possuir competência para converter a política monchiquense naquilo que o PSD/PPD tanto apregoou: "justiça, imparcialidade e serviço à comunidade". Perguntem a qualquer popular como está a ser tratada a questão dos concursos pelo presidente. Anda a prometer lugares aqui e ali aos seus amiguinhos, passando por cima dos próprios procedimentos concursais. Indubitavelmente, é um comportamento transparente, justo e totalmente imparcial para todos os outros que humildemente procuram sair da precaridade do desemprego. Merece a nossa reflexão.

Anónimo disse...

Sr. Zé D'Adega!
Manifestações contra uma tourada? Até parece que essa gente nunca saboreou um belo naco de carne.
Quanto aos concursos,espere pelo resultado e depois comente.
Mede pela mesma bitola? Compreende-se!
A derrota é muito dificil de digerir.

Zé D'Adega disse...

Anónimo disse: "Manifestações contra uma tourada? Até parece que essa gente nunca saboreou um belo naco de carne".

Sugiro que seja você próprio a servir de touro, na verdade também se trata de carne. Assim já não vai achar muita piada. Ninguém gosta de levar porrada.

Anónimo disse: "Quanto aos concursos,espere pelo resultado e depois comente".

Com certeza. Terei todo o gosto em comentar a situação daqueles cuja função lhe foi prometida pelo presidente. Se ficarem é tacho do presidente, se não ficarem é promessa não cumprida. Nem todos vão ficar satisfeitos.

Anónimo disse: "A derrota é muito dificil de digerir."

Não se trata de nenhuma derrota. Eu não perdi nada e não deixo de ter tanto direito como o senhor para apreciar o que tem sido uma gestão desastrosa do actual executivo.

Anónimo disse...

Sr Zé D'Adega!
O sr. é que sabe a porrada que levou. Doeu-lhe tanto que passados 9 meses ainda não a esqueceu.

Compreendo,coitado é um insatisfeito a mama já se lhe acabou.

Diz que não perdeu nada. Perdeu, perdeu o patrãozinho que enquanto esteve no poder fez uma gestão espectacular......!

Zé D'Adega disse...

Anónimo,

A minha insatisfação é a insatisfação de muitos monchiquenses. Isto vai no início e daqui a três anos oxalá apareça alguém que tire do poleiro estes incompetentes. Entretanto vamos deixando que os «lapsos» continuem a suceder.

O povo saberá como tratar do assunto. Pela sua conversa quem precisa de mama é o senhor e deve ser um dos contemplados pelo actual presidente. Aproveite enquanto dura.

José Martins disse...

Ao anónimo do dia 31 de Agosto 19:58

Esclarecimento:

A máquina giratória que realizou o trabalho de desaterro no lote junto ao parque de S.Sebastião e que ainda se encontra no local para que todos possam ver, é propriedade da empresa Arlindo & Filhos, Ldª. sediada em Meia Viana, pela qual paguei a importância de 5.760,00 € correspondentes aos serviços prestados.

Espero ter ficado bem elucidado. Não é utilizando mentiras sob a capa do anonimato que conspurcam o bom-nome dos cidadãos, seja ele quem for, que a democracia sai fortalecida.

José Martins

Anónimo disse...

Sr Ze D'Adega
Ainda tá à espera de mamar outra vez?
pode esperar sentado porque o seu "clã" não volta mais.
O povo não se deixa enganar por vocês outra vez, deixaram marcas bem visiveis.
É melhor ir pregar para outra freguesia que nesta já não há quem acredite nos seus pregões......

Anónimo disse...

Sinceramente sr. blogger não importa a cor mais sim a verdade...
Apoiou este sr. anteriormente porque acreditava que Monchique necessitava de mudança... e necessitava, mas não era esta!
O Sr. que apoiou até aqueles que cegamente o seguiram traiu e enganou com promessas de trabalho, com promessas que monchique ia mudar.
A desilusão é grande... o marasmo é maior... e o ego do homem ultrapassa tudo isto.
Impossivel pensar que somos os donos da palavra e do saber.
É com muita pena que vejo uma oportunidade unica de mudar, porqu independetemente do partido (e nao me venham os fanaticos do PS dizer) , quando se passa muito tempo no poder instalam-se vicios. Mas estes tontos nem os vicios souberam acabar, ainda os alimentam.
Tontos.
Tanta gente desiludida que acho que desta vez será 4-1.

Toino da Bomba

Zé Pinto Magro disse...

NOTICIAS DE MONCHIQUE!

Enquanto este blogue se mantiver hibernado pela minha parte, a partir de hoje e periodicamente, se o seu autor o autorizar vou comentando as notícias que se vão passando em Monchique e expondo as minhas ideias que espero não sejam censuradas.

A rádio Foia aparece em destaque no Jornal de Monchique com o título: “E A FÓIA CADA VEZ MAIS ALTA”, sublinhando o facto de ter obtido os melhores resultados no ano de 2009 em termos de audiência.

Segundo a notícia o ano de 2009 foi o melhor ano de sempre nas audiências da Rádio Foia (RF). Segundo os estudos efectuados pela marktest.

O que a notícia não diz porque não interessa é que o ano de 2009 foi o melhor graças ao radialista de nome António Ataíde também conhecido por o “parafuso”.

O mesmo foi despedido – saneado – por motivos políticos em ano de eleições autárquicas realizadas em 2009. Muita boa gente parece já se ter esquecido desse facto. O citado profissional era muito contestado pela classe política.

Mal ou bem, não vou fazer juízos de valor, o que é um facto é que contribuía para que o seu vasto auditório sintonizasse a rádio Foia porque, simplesmente, gostavam de o ouvir. E isso ninguém o pode contestar. Por isso as audiências subiam.

Para o próximo ano vamos ver se as audiências continuam a subir ou se pelo contrário as mesmas vão cair a pico. Aí sim se poderá avaliar se a sua ausência contribuiu ou não para este sucesso. E viva o direito de liberdade de pensamento e expressão!

Homem da Luta disse...

Se o Parafuso era bom jornalista, ao menos que seguisse o código deontológico da profissão. Se denunciar à má fé situações da vida monchiquense que eram perfeitamente infundadas e falaciosas é um exemplo de bom jornalismo e de audências, qualquer dia vale tudo menos arrancar olhos. Os professores começam a violar os alunos, os médicos matam os pacientes, os mecânicos promovem mais avarias nos carros... Como o povo gosta de desgraça e de "sangue", então se tiver audiência deve ser mesmo para manter. Bem-haja a Rádio Fóia.

Anónimo disse...

Ao homem da luta!

Essa cabeça está mesmo uma confusão total que requer urgentemente um diagnóstico psiquiátrico. Tem alguma coisa a ver a liberdade de expressão com crimes?

Homem da Luta disse...

Anónimo, liberdade de expressão é uma coisa que não deve quebrar o código deontológico da profissão de jornalista. Será que todas as notícias ou a sátira que partiram do Parafuso eram verdade? Que eu saiba fizeram-se acusações graves que não correspondiam à verdade e que levou a direcção da rádio a despedir o seu funcionário. Por haver liberdade de expressão não me dá o direito de insultar e difamar seja quem for. Veja isto pela positiva, pois com as asneiradas da equipa do Dr. Rui André haveria informação riquíssima para colocar a audiência da Rádio Fóia a rir e a chorar por mais. Fizeram um favor ao PPD/PSD Monchique.

José Pinto Magro disse...

Ao homem da luta!

Acho muito bem defender o seu ponto de vista mas que em nada é coincidente com o meu. O radialista levou anos a dizer verdades, sobre política, que ninguém contestava porque eram indesmentíveis. Agora se ele estava ou não habilitado para o fazer isso são considerações que a outros compete julgar.

Precisamente no ano das eleições em 2009 e sobre um assunto diferente – desporto – cometeu uma gafe. Nada de grave. Tudo podia ter sido resolvido com um desmentido e um pedido de desculpas. Mas as consequências do acto praticado deram em despedimento.

“Por haver liberdade de expressão não me dá o direito de insultar e difamar seja quem for”. Palavras suas.

Mas pelos vistos dá-lhe o direito de lançar suposições para a opinião pública dizendo que a equipa de Rui André só faz asneiras, e não especificar quais para se constatar a gravidade dos factos daí resultantes para a nossa comunidade fazer um juízo de valor, tentando desacreditar com essa afirmação a boa imagem dos cidadãos envolvidos. O que é isto senão uma difamação?

Situações graves aconteceram, no passado, na autarquia como um desvio de sete mil euros, que foi do conhecimento público, e ninguém soube o resultado do inquérito e nem tão pouco se houve uma simples repreensão por escrito, ou qualquer outra acção disciplinar, fosse a quem fosse.

Só sabemos que não houve culpados e a culpa morreu assim solteira porque não houve consequências. Tudo foi branqueado. Pelos vistos não houve matéria para ninguém ser despedido.

É desse tempo, ainda muito recente, que o homem da luta, continua a se querer esquecer e pelos vistos, já sente saudades!

Sonhador disse...

Ao senhor José Martins

Sempre em nome da verdade!

Em meu nome pessoal, por o ser o único responsável por este blogue, faço aqui o meu pedido de desculpas por quem fez o comentário, anónimo do dia 31 de Agosto às 19:58, denegrindo a sua imagem, com interrogações que sugerem situações abusivas e lesivas do erário o que não corresponde à realidade, pondo em causa a sua reputação como cidadão, já que quem o fez não teve, até à presente data, a nobreza de carácter para colocar a mão na consciência e retratar-se.

Esperei o tempo suficiente para o anónimo rectificar o que tinha dito antes de avançar com este meu comentário. Era o mínimo que podia fazer. Pedir desculpa por ter difamado sem ter dados concretos para o fazer. Não o fez mas faço-o eu porque não gosto de injustiças.

A.Jorge

o padeiro disse...

sò não percebo porque estao todos esganados com o zè martins,serà que ele tambem era corrupto como os outros?não acredito.deixem o homen que è uma pessoa boa.a nossa terra sò tem criticos de m...a,por favor trabalhem mais e não critiquem,a inveja mata,tudo està mal atè a tourada que m...a não temos nada que pobresinhos somos,ajudem sim mas è a resolver a situação,e as dificuldades das pessoas da nossa terra,como por exemplo o <GUTERRES VAI PARA O QUÈNIA RESOLVER O PROBLEMA DOS OUTROS <e os nossos?como estamos todos bem não à problema,que sina a nossa!!!!estamos a ser derrotados por toda a gente

Homem da Luta disse...

Sr José Pinto Magro, as asneiradas do presidente e companhia são do domínio público. Só não sabe quem não quer. Pergunte ao presidente quantas actas estão por aprovar e como tal não se pode cobrar taxas legalmente. Pergunte ao presidente o porquê de andar a prometer lugares camarários a toda a gente quando não há vagas para os albergar. Pergunte ao presidente que é feito das obras que queria fazer. Nem vê-las. Pergunte ao presidente porque não apoia o clube desportivo local. Etc, etc, etc, etc. Todos os dias oiço uma nova. O tempo do dinossauro Tuta acabou, a mudança ficou por efectivar. O marasmo continua e veio para ficar. É tudo uma grande tourada.

José Pinto Magro disse...

Ao homem da luta!

“É tudo uma grande tourada”. Afirmação sua!

Mas no presente existe com uma grande diferença: na tourada que se pratica actualmente em Monchique já não há as habituais chocas para guiar os bois até ao curral.

Veja as fotos que se encontram, em baixo, no final do blogue!

Todas as fotos são referentes ao concelho de Monchique!

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor