12/05/10

AS AMEAÇADORAS NUVENS NEGRAS DO NOSSO FUTURO!


A Tempestade previsível que há muito tempo paira sobre as nossas cabeças!

Depois da alegria esfuziante da vitória, há muito aguardada, pelo Benfica na Liga Portuguesa de Futebol Profissional e da presença do Papa em Portugal em que o Povo veio para a rua comemorar os acontecimentos com uma alegria que há muito tempo estavam arredadas das convicções dos Portugueses, eis que da alegria vamos passar para os momentos da dolorosa realidade e da maior tristeza.

É só esperar com a ansiedade própria dos maus momentos da nossa vida que sabemos que vamos ter pela nossa frente. Os órgãos de comunicação social, a conta-gotas, vão-nos preparando, psicologicamente, para as más notícias que vamos ter que enfrentar. Notícias atrás de notícias vão-nos dando conta das maldades que os governantes que nos têm desgovernado, após o 25 de Abril, se preparam para nos fazer aceitar, sem ambiguidades, a dura realidade.

De todas as notícias com soluções aventadas ainda não sabemos quais vão ser as tomadas, depois de muita especulação feita ao ser redor. Mas se olharmos para os nossos vizinhos aqui ao nosso lado, e para as medidas já tomadas, podemos já ter uma amostra qual é o futuro negro que nos aguarda.

3 comentários:

Anónimo disse...

As medidas para suster o défice vão ser muito dolorosas.

A melhor prova foi dada pelo Ministro das Finanças numa entrevista onde diz não prever episódios de violência como testemunhamos na Grécia, Também sabe que haverá tensão social mas tem que enfrentá-la, porque tem mesmo que avançar com o pacote de medidas para enfrentar o défice.

Já adivinhamos que as medidas são de tal maneira gravosas para os Portugueses que pagam impostos, porque também há muitos que não pagam nada, que passado todo este tempo ainda estão com medo de apresentá-las sozinhos. Continuam por isso à espera da complacência do maior partido da oposição para apresentá-las.

O País precisa de dinheiro para face aos seus compromissos e vão comprá-lo lá fora com os juros cada vez mais altos, porque é que não aproveitam as poupanças de muitos dos Portugueses que têm dinheiro nos bancos e não rende praticamente juro nenhum nos bancos e pagam por os mesmos através dos títulos do tesouro os juros mais altos do que são praticados pela banca em Portugal. Não têm medo da reacção do Povo, mas não têm a mesma coragem para enfrentar a concorrência dos Bancos em Portugal.

Zé povinho disse...

Kem faz a crise é ke tem que pagar!
A polictica mete nojo em Portugal.
Os governantes de Portugal vão sofrer um corte no vencimento de 5%, enquanto que em espanha vão ser reduzidos em 15%...é que em espanha têm a famosa e temivel "E.T.A", não sou a favor desta organização nem tão pouco da maneira como marcam a sua presença, mas acho que fazia falta um valente susto para quem manda no País...
Preparem-se para o pior porque, embora seja-mos um país de gente pacifica, a guerra nas ruas pode estar eminente...existe muita gente com muito pouco para comer, estamos no limite do aceitável...é impossivel assistir a tantas desigualdades, prémios churudos a administradores cujas as empresas não dão lucros, e dps vem o maior e mais mentiroso compulsivo que alguma vez vi na vida, pedir ás pessoas que recebem 500€/600€ para fazer mais um pequeno esforço...
Vão pá p*ta que vos pariu...

JOSÉ CRISTALINO disse...

A INJUSTIÇA DOS IMPOSTOS NO NOSSO PAÍS!

Em Portugal o fisco não trata os Portugueses da mesma maneira ao longo dos anos. A máquina fiscal só está afinada para os cumpridores em função das suas profissões, que são sempre os mesmos a cumprir, como é o meu caso trabalhador por conta de outrem.

Empreiteiros, médicos por conta própria, advogados, canalizadores, electricistas, restaurantes e todo o tipo de comercio, feito na rua e em feiras e não só, são os mesmos do costume que escapam à fúria da máquina fiscal, sem que o fisco faça nada para travar esta evasão fiscal. A fuga dos impostos é estimada em 20% do PIB.

No entanto são estes sempre os primeiros a beneficiar dos serviços que o estado lhes oferece. Muitas vezes são os que mais reclamam. Não será já tempo de sermos nós os cumpridores a deixar de pedir por favor a factura dos serviços prestados e de ser o fisco a obrigar, por lei, a todos eles a passar factura dos serviços prestados. É que isto de ver o estado a ser roubado na nossa cara e sermos nós a pagar do nosso vencimento a salvação da Pátria também já cansa.

Veja as fotos que se encontram, em baixo, no final do blogue!

Todas as fotos são referentes ao concelho de Monchique!

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor