02/03/10

SEIS ANOS DEPOIS ESTA CASA FOI DEMOLIDA PELA AUTARQUIA!



Resta agora no seu lugar um espaço vazio. Ficou assim traçado o seu destino!

Depois de ter sido comprada no dia 27 de Março de 2003, pelo anterior executivo pela quantia de 139.663, 41€ (28.000 contos), passados que foram seis anos sem que para a mesma lhe tivesse sido reservada qualquer função, conforme se previra, já que para a mesma nunca houve qualquer projecto.

Com a chegada do novo executivo saído das eleições autárquicas de 11 de Outubro de 2009, passados que estão quatro meses, desde a sua tomada de posse no dia 2 de Novembro de 2009, eis que a solução encontrada, para já, foi a sua demolição no dia 2 de Março de 2010. Já sabemos como foi o passado. Qual será a surpresa que o futuro nos reserva?

5 comentários:

José Duarte disse...

Ao que parece o grande objectivo desta autarquia é arranjar locais, onde foram demolidas casas, para no seu lugar “plantar” locais de estacionamento. Só se assim se compreende que na Rua Dr. Samora Gil, antiga rua direita, próximo do restaurante da Charrete, uma casa que foi demolida, seja agora a Autarquia a enviar para ali, com grande empenho, os seus trabalhadores e materiais, por sua conta e risco, para ali fazer um local de estacionamento, substituindo no trabalho que pertencia aos seus legítimos proprietários o fazerem, se assim o entendessem, já que se trata duma propriedade privada. Mas parece que os maus exemplos, da outra senhora, vão continuar a pontificar servindo como ponto de referência.

Neste caso concreto, aqui tratado, a autarquia é dona do terreno e faz dele o que muito bem entender. Só é pena que se tivesse gasto uma fortuna numa casa sem qualquer valor arquitectónico, cultural ou outro, que nem valia metade, só para agradar aos legítimos herdeiros, para agora a mesma ser demolida para servir de parque de estacionamento, ainda por cima num local sem quaisquer condições de visibilidade sujeito a haver acidentes no local. É assim que se gasta ingloriamente o dinheiro dos contribuintes sem qualquer utilidade prática para os cidadãos.

Vai demorar muito até ali ser construído algo de útil para a comunidade, tudo por culpa da desastrada anterior administração que fazia negócios sem que ninguém percebesse, em concreto, quais as sua reais intenções.

Anónimo disse...

Já agora... não esquecer que o prédio da rua Samora Gil é do senhor Fernando Várzea, distinto militante e dirigente do PPD e autarca na Assembleia.

Anónimo disse...

Onde estava uma casa que custou 139.663,41€. Está agora um bocado de chão que custou 139.663,41€ mais despesa de demolição e remoção de entulho. O preço por metro quadrado deste lote é mais elevado que na zona nobre de Vilamoura. Quando foi tomada a decisão de demolir a casa deve ter sido pensado um modo de rentabilizar o espaço. Não quero acreditar que tenha sido uma "vingançazinha" ao anterior executivo Camarario. Apesar da borrada, tal atitude não se compadece com os interesses do Concelho.

Anónimo disse...

Alem de criticas negativas pedem-se algumas construtivas, este edifício apresentava fissuras na sua estrutura que poderia a qualquer momento ruir, alem disso o telhado já estava parcialmente caído o município fez o seu papel garantiu a segurança de todos o que por ali passam.Cabe á câmara fiscalizar situações semelhantes na malha urbana da nossa vila, porque elas existem e põem em perigo a população. (Rua Dr. Samora Gil e entre a Travessa da Fragosa). Esperanças do passado o que é que se ade fazer...

Anónimo disse...

Desculpe Sr. Anónimo de 5 de Março, mas eu não fiz nenhuma critíca (nem positiva, nem negativa) apenas constatei os factos, e cada um que tire as suas conclusões.
Anónimo

Veja as fotos que se encontram, em baixo, no final do blogue!

Todas as fotos são referentes ao concelho de Monchique!

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor