13/12/09

LARGO DOS CHORÕES NO PASSADO E NO PRESENTE!


Clique em cima das imagens para ampliar

Como o tempo tudo mudou no intervalo de 31 anos!

Na primeira foto de 1978 quando ali existia a única bomba de combustíveis da Mobil em Monchique, que foi transferida para o sítio do Pé da Cruz, onde se pode ver o horário alargado, tal como ainda hoje se pratica. Nesse mesmo ano passava por ali a volta ao Algarve em bicicleta com destino ao alto da Foia e onde o estacionamento também se fazia, provisoriamente, onde hoje está localizado o jardim da Quinta da Vila.

Na segunda foto, em baixo, parte do mesmo Largo mais ou menos no mesmo local, com um cenário completamente diferente, com todas as modificações entretanto efectuadas, como a foto documenta, onde o poder autárquico e a sua autonomia puderam decidir, livremente, onde deviam aplicar as verbas que lhe são atribuídas pela lei das finanças locais, mas que muitos autarcas querem, no presente, a revisão dessa mesma lei, conforme se pode ouvir clicando aqui, devido a algumas dificuldades financeiras por parte de alguns municípios.

4 comentários:

Crameia disse...

Afinal, Monchique sempre evoluio qualquer coisa. As imagens assim o demonstram.
Os ciclistas devem de ser da 3ª edição da Volta ao Algarve, já que a volta a Portugal nunca foi em Março.

Rui Duarte

Anónimo disse...

Monchique evoluiu e muito. Não podemos deixar de dar mérito ao anterior executivo (PS). Onde era o "parque de estacionamento" pontifica agora o lindo "jardim da vila", tão apreciado por quem cá passa.

Decerto que nem toda a obra foi acertada, no entanto é injusto afirmar vezes sem conta que o executivo do Carlos Tuta "não fez obra" ou que "Monchique parou no tempo".

Anónimo disse...

Resposta ao anónimo de 15 de Dezembro das 00:48

Para que fique bem esclarecido ao comentário que fez.

A quinta da Vila só foi possível ser hoje o que é, graças ao ex-Presidente José Manuel Nobre Furtado. A razão é simples. Foi ele que comprou os terrenos da quinta da vila e também os terrenos da quinta das laranjeiras onde hoje está implantada a escola, em frente aos bombeiros, e os terrenos adjacentes que servem para a feira e o heliporto.

Durante os mandatos em que exerceu a presidência entre 1978 e 1982 o orçamento da autarquia todo somado foi à volta de duzentos e cinquenta mil contos. Na moeda antiga. Era bom que se soubesse, para que todos ficássemos bem esclarecidos, quantos milhões de escudos e também de euros teve a autarquia, nestes últimos 26 anos, ao seu dispor, com os dinheiros da União Europeia também incluídos, em que o ultimo presidente exerceu os seus mandatos.

Anónimo disse...

Boas.
Monchique evoluio?
Pois bem...a evolução pode ser "POSITIVA" ou "NEGATIVA".
Se acham que a evolução de monchique foi "positiva" nos ultimos tempos, só por causa do Largo dos Chorões, pelo parque de São Sebastião, pavilhão municipal etc...
Houve alguma evoluição, resta saber se foi "POSITIVA" ou "Negativa".
Olhem para a população de monchique e pensem bem...
Olhem para o comercio local...
Olhem para as oportunidades de emprego...
Temos tanto para olhar...
Acham que foi positiva????
Algumas das obras feitas pelo anterior executivo foram boas, mas tardias, e quase sempre desvirtuadas por muitos segredos e asneiras...
Monchique podia estar muito melhor se não tivesse sido uma grande quinta nas mãos de tão mau regedor...

Ass. João M

Veja as fotos que se encontram, em baixo, no final do blogue!

Todas as fotos são referentes ao concelho de Monchique!

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor