09/12/09

ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS NO NOSSO PLANETA AZUL!



clique em cima das imagens
As grandes cheias em Monchique no dia 26 de Outubro do ano de 1997!

Quando se fala em alterações climáticas muitos podem ser levados a pensar que tudo acontece lá bem longe de nós, por não sermos uma região industrializada. Nada de mais errado, a melhor prova é o que aconteceu no ano de 1997 que pode ser visto aqui.

Estas fotos inéditas atestam o grau de destruição por todo o nosso concelho nomeadamente em estradas, como a que liga Monchique aos Casais. As ribeiras transbordaram com tal violência que arrasaram tudo à sua volta. Estas novas fotos são disso a melhor testemunha.

4 comentários:

Anónimo disse...

Sim,é bom não esquecer...
Mas se essa lembrança não servir para reflectir sobre o os porquês,de pouco adianta..
e se não se tomar mediadas para minorar as suas repeticões..é porque não entendemos os tempos que vêem ai!
O que se passou no coração da Vila e artérias adjacentes foi a consequência de...muita água de repente!
18 horas de chuva intensa.

Trés factores foram,a meu ver,responsaveis:
As matas de eucaliptos a montante!
(rejeitam 80 % da agua que lhes cai em cima).
Todo o barranco-mãe,desde a nascente , na Relva do Carapeteiro até á Vila,café Belavista, está obstruido ou estrangulado mesmo.
As hortas e fazendas abondonadas ao longo do percurso da ribeira de Monchique têem tambem a função de "esponja"mas...são pasto de exóticas.
e,por última as mudanças climática..chove de "esbarrunto"
e a serra de Monchique está sem "musgo"para aguentar!
Os barrancos formatados ao longo de milhares de anos para deixarem passar a água..não suportam tanta pressão em tão pouco tempo!
As generosas terras frescas dos barrancos que tão deliciosos frutos davam..já foram quase todas..

Todos somos poucos para fazer entender aos outros que esta realidade não é uma fatalidade.

Toninho da foia

Eduardo Duarte disse...

Sobre os impactos das Alterações Climáticas no concelho de Monchique, as causas do episódio torrencial de 26/10/1997 e as formas de mitigação do fenómeno do Aquecimento Global, os Escalavardos (http://escalavardos.blogs.sapo.pt/) escreveram um conjunto de postas onde são desmistificadas algumas ideias pré-concebidas relativamente às Alterações Climáticas e às cheias rápidas de 1997.

Convidam-se os interessados a dar uma espreitadela e participarem com as suas opiniões.

Saúde da boa.

Crameia disse...

Estou plenamente convencido que o que aconteceu em Monchique era imprevisivel e enevitável.A força da mãe natureza é imparável. Se bem que a construção e obstrução de linhas de água é de todo desaconselhavel. O principal, no meio de tudo isto é não morrer ninguém. O resto com maior ou menor dificuldade sempre se remedeia.

Rui Duarte

Anónimo disse...

Mais uma vez,o Toninho da Foia tem razão.
Seria uma boa ideia lembrar as pessoas que 10 metros para cada lado dos cursos de agua permanentes ou intermitentes: É DOMINIO PÙBLICO!
Seria bom lembrar ao Novo presidente que está na hora de pôr o enorme Corpo técnico da Câmara a trabalhar.
Assim como seria bom lembrar ao Baixo-algarve que a agua que os faz sobreviver provêm das ribeiras que nascem na serra e meia-serra,
Logo e não houver forte investimente em reconversão do manto vegetal ...dentro de pouco tempo só terão agua dessalinizada.
(cara, porque depende de energia)

E..adeus Algarve.....incêndios no verão e falta de agua todo o ano.

Voltamos ao sequeiro.

Tony Mateus

Veja as fotos que se encontram, em baixo, no final do blogue!

Todas as fotos são referentes ao concelho de Monchique!

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor

as mesmas são propriedade deste blogue e do seu autor